NOME DO AUTOR

Adriano Melo

86 POSTS

A conquista do Carioca de 27: o vilão Orlando Penaforte contra o ídolo Moderato, recém-operado de apendicite

A história do confronto entre Orlando Penaforte, ex-zagueiro do Flamengo, e Moderato, o ídolo rubro-negro convalescente

Afinal de contas, a voz da FlaTT é a voz de Deus?

Veja exemplos (não exaustivos) em que a Fla-Twitter se fez escutar, com seus respectivos desdobramentos e constatações.

Sete perguntas e uma constatação

Adriano Melo anda relembrando a frase “Uma das piores coisas é o burro com iniciativa. Burro com iniciativa. Ele quebra você”.

Abel precisa voltar a ser Abel

Abel sempre foi aderiu ao futebol reativo, equipes que gostam de atuar retraídas, em velocidade, no contragolpe. Que volte à sua essência.

De Rondinelli a Vitinho – 25 tons de vice

Com a atualização da divertida relação de vices do nosso vice pra sempre, encerro as tratativas sobre o outrora charmoso torneio estadual.

Euforia rubro-negra: títulos se ganham, principalmente, fora de campo

É difícil conter o oba-oba quando o Flamengo tem grande vantagem para o segundo jogo de uma decisão. Mas o Maestro Junior sabe como ensinar.

Um Flamengo x Peñarol decisivo e decidido no cara e coroa

E, por volta da 1 da manhã, o Flamengo vence o Torneio de Punta del Este. Disputado em Maldonado e Porto Alegre. Iniciado em fevereiro e encerrado em maio.

As despedidas de um Flamengo 2 x 0 Madureira

Com despedidas importantes, a partida diante do Madureira não marca apenas mais uma vitória no confronto com o time da zona norte do Rio

O beijo no asfalto rubro-negro

Sou torcedor do Flamengo. Evidentemente, isso forma um viés de se posicionar ao lado dos "meus". Flamengo Uber Alles, pregava Bastos Padilha.

Eu escolho o Flamengo

“Não vai, não. Eu não quero mais ir pro Corinthians". A declaração inapelável do jogador quase é comemorada como um gol pelos presentes.

A despeito da retórica

Terá o milionário, quase galáctico plantel rubro-negro capacidade de aplacar a sede de glórias de sua indomável Nação?

2×1 contra o Bangu é dèjá-vu

Uma certa sensação de déjà-vu me passou pela cabeça quando o Bangu fez o gol. Algo como: “já vi esse filme antes”.

Caro, velho, preguiçoso, bichado e decadente

Eram as prerrogativas vindas da usina de verdades definitivas do futebol, ao se deparar com Raul, veterano, dado a lesões, que permaneceu na reserva na temporada anterior.

Não queremos mais esperar o amanhã

Tecnocracia é como Adriano Melo entende o regime do atual Flamengo de Eduardo Bandeira e do seu pretendente a sucessor Ricardo Lomba

Choque de ordem/Hora de trocar

Choque de ordem. Mudar tudo.Esse é o mote na Gávea, após a frustrante perda do Estadual, decorrente de três derrotas seguidas para o Vasco

Como foi escrito o roteiro da saída de Romário do Flamengo para o Valencia

Como a maioria dos litígios no futebol terminam? Adriano Melo conta a história da conturbada primeira passagem de Romário no Fla

Leia Também