26 C
Rio de Janeiro
terça-feira, janeiro 19, 2021

33 gols sofridos em 25 jogos: veja os números da defesa de Domènec

Defesa de treinador do Flamengo vem recebendo muitas críticas pela alta quantidade de gols sofridos

Na última quarta-feira (4), o Flamengo venceu o Athletico Paranaense por 3 a 2 e se classificou para as quartas de finais da Copa do Brasil. No entanto, a zaga do Rubro-Negro voltou a receber duras críticas de parte da imprensa e principalmente dos torcedores do clube.

A equipe de Domènec Torrent levou 9 gols nos últimos 10 jogos. Desde a chegada do catalão, são 33 gols sofridos em 25 partidas. Em sua defesa, o treinador aponta erros individuais do sistema defensivo: ”Quando você comete erros individuais, não pode relaxar. A bola dentro da área é como uma bomba, tem que sair de lá. Muitas vezes você erra em três jogos e depois não erra mais. Todos viram o jogo com o Inter, acho que demos os gols, no último jogo… Nós tivemos problemas defensivos com o Dome aqui, estávamos separados, o adversário jogava um contra um, não sabíamos defender bem. Os últimos jogos acho que são erros individuais de concentração”.

Leia também: 15 jornalistas esportivos que torcem para o Flamengo

Mesmo com os problemas: Flamengo classificado

O Flamengo começou comandando as primeiras ações do jogo no Maracanã. Com alguns desfalques, o Athletico Paranaense do técnico Paulo Autuori adotou uma postura defensiva na partida e não demorou para o placar sair do zero no Rio de Janeiro.

Aos 25 minutos, a bola sobrou para Pedro dentro da grande área, que virou e com a perna esquerda fez um lindo gol.

Um minuto depois, Carlos Eduardo entrou na área e após corte do zagueiro Léo Pereira, foi marcado o pênalti no Maracanã. O VAR foi chamado, e com o auxílio da tecnologia, o árbitro Rodrigo Ferreira anulou a penalidade.

Aos 34, novamente teve a comemoração da reverência. Matheuzinho fez uma linda jogada e cruzou para Pedro fazer o segundo. 2 a 0 Flamengo.

O Rubro-Negro sentou na vantagem, e começou a errar nas saídas de bola. O meia Erick recebeu um presente de Arão aos 41 minutos, e fez um golaço, diminuindo o placar para a equipe paranaense.

Na etapa complementar, o Flamengo voltou apostando no contra ataque, e teve algumas chances com Pedro e Bruno Henrique, mas acabou esbarrando na defesa formada por Pedro Henrique e Thiago Heleno.

Aos 25 minutos, Matheuzinho que deu duas assistências, foi substituído pelo chileno Maurício Isla. Dome também tirou Everton Ribeiro e Pedro para as entradas de Lincoln e Michael. E deu certo, aos 39, Michael aproveitou o rebote de Bruno Henrique e aumentou o placar, 3 a 1.

Ainda deu tempo do catalão colocar Renê e Ramon nos lugares de Filipe Luís e Bruno Henrique, e a zaga do Flamengo falhar nocamente: Bissoli diminuiu aos 43, 3 a 2.

Créditos de imagem destacada: Divulgação

Notícias do Flamengo

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs