5 técnicos brasileiros livres que podem substituir Ceni no Flamengo

4 COMENTÁRIOS

  1. E não me venham com essa de Renaight Gaúcho,pois nunca foi tecnico é somente um boleiro e paneleiro.Não dará certo,este elenco precisa de um tecnico profissional estilo JJ,Galhardo é esse cara.Pois, nenhum Europeu capacitado em sã consciência vai encarar o nível de contaminação pela pandemia que o País se encontra e não dá para pagar esses caras com o EURO à 6 por 1.

  2. No Brasil não tem técnico capaz de segurar este elenco,somente na América do Sul. Galhardo seria
    uma ezcelente escolha caso aceitasse a proposta, técnico multi campeão com um time de peso.
    Tem Curriculum,estrela e já está ficando desgastado na equipe do River seria um excelente negócio para ambos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Flamengo vive momento delicado no Campeonato Brasileiro

MRN Informação | Yago Martins – Twitter: @YagoM23

O Flamengo foi derrotado por 2 a 1 para o Ceará no Maracanã, e a pressão da torcida nas redes sociais é grande para a demissão do técnico Rogério Ceni. O Mundo Rubro Negro fez um levantamento, e pesquisou cinco treinadores brasileiros que estão livres no mercado, e podem ser contratados pelo clube para a reta final de Brasileirão.

Leia também: Cabeça quente? Diego Ribas desabafa após derrota para o Ceará

Sylvinho

Desde a saída do Lyon em outubro de 2019, Sylvinho está sem clube. O treinador foi auxiliar de Tite no Corinthians e na Seleção Brasileira.

Tiago Nunes

Campeão da Sul-Americana e da Copa do Brasil pelo Athletico-PR, Tiago foi contratado pelo Corinthians como um dos melhores técnicos do país na atualidade. No entanto, o vice-campeonato paulista para o Palmeiras foi a gota d’água para sua demissão.

Dorival Junior

Vice-campeão brasileiro pelo Flamengo em 2018, Dorival está livre após deixar o Athletico-PR no ano passado.

Zé Ricardo

Após flertar com o Vasco na última semana, Zé recusou o convite do Cruz-Maltino e segue livre. Seu último trabalho foi no Fortaleza e Internacional.

Roger Machado

Após ser goleado pelo Flamengo por 5 a 3, Roger foi desligado do comando técnico do Bahia, e segue livre até os dias atuais.

Flamengo 0 x 2 Ceará

Escalações:

Flamengo: César; Maurício Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Pedro.

Ceará: Richard; Eduardo, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho, Fernando Sobral, Vina e Lima; Léo Chú e Cléber.

Com muito calor no Rio de Janeiro, a partida começou com as equipes se estudando no Maracanã. No entanto, confortável no jogo, o Ceará abriu o placar com Vina logo aos 13 minutos: 1 a 0. Os visitantes permaneceram melhor, e aos 22, Cleber quase ampliou de cabeça. A melhor chance do Flamengo na primeira etapa foi aos 26: Arrascaeta ganhou na velocidade e chutou em cima de Richard. O Rubro-Negro continuou com muita dificuldade de criação, e nada mais criou de oportunidade.

Na etapa complementar, Rogério Ceni colocou Diego Ribas no lugar de Gustavo Henrique, e improvisou o Willian Arão na zaga. A equipe continuou com muita posse, porém sem pouca efetividade. Aos sete, Arrascaeta finalizou de voleio para a defesa do goleiro cearense. No minuto 13, outra chance. Isla recebeu na direita e chutou forte em cima da zaga. Aos 21, Pedro desperdiçou uma grande chance dentro da área, após passe de Arrascaeta. Dois minutos depois, o artilheiro do clube na temporada cabeceou para outra grande defesa de Richard.

Aos 24, Ceni sacou Everton Ribeiro e colocou Gabigol. E a movimentação dentro da área da equipe subiu de produção. Vitinho foi outra chamada de Rogério para buscar o empate. O camisa 11 entrou no lugar de Isla. No minuto 34, Arrascaeta cruzou e o zagueiro Tiago cortou a bola com o braço: o árbitro e o VAR nada marcou. Na reta final, Rogério no desespero, tirou Pedro e Filipe Luís para as entradas de Rodrigo Muniz e Renê, porém nada adiantou. Kelvin no contra-ataque ampliou o resultado: 2 a 0 Ceará.

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs