Compartilhar:

Promissor, o volante busca se estabelecer no clube rubro-negro depois de passar por um momento complicado na Europa

MRN Informação | Da Redação


Revelado pelo Santos, Thiago Maia atingiu o auge de sua carreira no ano de 2016. Após vencer o Campeonato Paulista do ano com o time da Baixada Santista, o volante foi convocado pela Seleção Brasileira para fazer parte do time que jogaria as Olimpíadas no Rio e, depois de bater a Alemanha nos pênaltis por 5 a 4, conquistou a inédita medalha de ouro para entrar na história como um dos 18 a trazerem mais um título para a sala de troféus do Brasil. O treino e empenho são dois fatores para aprimoramento do jogo, e a Betway fornece a seus adeptos diferentes formas de colocar em prática seus conhecimentos. O desempenho e a regularidade mostrada em campo deixaram claro que o jogador merecia dar o salto para a Europa e em julho de 2017, Thiago acabou selando a sua ida para o Lille, clube da França que havia iniciado um novo projeto liderado por Marcelo Bielsa, mesmo tendo o interesse de equipes como o Paris Saint-Germain, Chelsea e o Zenit em seus serviços.

“O Bielsa traçou perfis. Eu lhe apresentei os jogadores e depois ele indicou quais eram os jogadores que tinham o perfil desejado e assim partimos para a contratação”, declarou Luís Campos, conselheiro e observador do Lille, à rádio TSF na época em que Thiago Maia desembarcou na França ao lado de Luiz Araújo e Thiago Mendes, antigos jogadores do São Paulo. Entretanto, o que seria um processo de evolução e maturação na carreira do jogador acabou se tornando um pesadelo. Preterido por outros jogadores no time principal, Maia acabou como reserva logo no início da temporada e as dificuldades do jovem nascido em Roraima envolvendo a adaptação na França fora e dentro de campo foram cada vez mais visíveis. Na Betway são oferecidas instruções para que os jogadores saibam onde, quando e como participar.

A entrada de Thiago Maia como titular no clube francês nunca foi feita da forma esperada e, com Bielsa, o volante passou a jogar de forma improvisada na ala esquerda. “Ele nunca jogou nessa posição antes, ele está ali para ajudar, mas espero que isso não dure. Thiago é jovem e precisa jogar. Ele tem que se adaptar ao futebol francês. É positivo que isso aconteça em campo, não reclamamos, mas espero que ele volte a jogar como volante e que o treinador encontre a melhor fórmula o mais rapidamente”, declarou Giuliano Bertolucci, agente do jogador, ao L’Équipe.

A Betway é um site sobre apostas desportivas que abrange diferentes modalidades. Há como apostar no futebol, basquete, tênis e até mesmo os e-sportes, vem conquistando espaço e novos adeptos.

Depois da saída do argentino, o clube continuou a optar por jogadores de características diferentes em um sistema específico e a saída de Thiago ficou cada vez mais evidente mesmo no ano em que o Lille se recuperou e terminou o campeonato na segunda colocação. Na época, o treinador Christophe Galtier disse: “Não posso falar nada de ruim sobre seu profissionalismo, seu comportamento e sua dedicação. Poucas vezes você deixa seu país, seu continente e ele é jovem. Ele acabou caindo num ciclo que não foi bom nem para ele e nem para mim. De forma simples, ele precisa reencontrar a confiança e a felicidade para jogar”.

Assim, foi em janeiro de 2020 que Thiago Maia retornou ao Brasil para vestir o manto do Flamengo. Depois de passar por um período de adaptação em relação ao futebol praticado por Jorge Jesus, o jogador parece cada vez mais pronto para dar a volta por cima e hoje luta por uma vaga no time titular rubro-negro, no momento em que recebe uma resposta positiva da comissão de Domènec Torrent, de acordo com O Globo.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo

Compartilhar: