Adeus, Coringa: Gerson não é mais jogador do Flamengo; relembre a trajetória

MRN Informação | Bruno Guedes – Acabou a novela. E ela não tem um final feliz para a torcida do Flamengo. Após semanas de negociação, o clube acertou a venda de Gerson para o Olympique de Marselha. O anuncio foi nesta quarta-feira (9). Os valores superam os 25 milhões de euros. Entretanto, o Rubro-Negro pode faturar mais em caso de desempenhos estipulados em contrato. Aos 24 anos, o volante retorna ao futebol europeu próximo de completar duas temporadas com o Manto Sagrado.

LEIA MAIS: Marcos Braz analisa adversário do Flamengo nas oitavas de final da Libertadores

- Advertisement -

Desde a semana passada a imprensa francesa confirmava que os clubes haviam chegado à um acordo. Contudo, Flamengo e Olympique ainda não tinham feito nenhum anúncio. O que ocorreu no começo da tarde desta quarta-feira. Através das redes sociais, a direção confirmou o negócio:

“O Clube de Regatas do Flamengo anuncia um acordo em princípio pela transferência permanente de Gerson para a Olympique de Marseille”, dizia a mensagem.

- Advertisement -

Apesar dos valores não confirmados ainda, o volante deve superar a venda de Adriano como a mais cara do Rubro-Negro. Entretanto, a expectativa é de que o jogador ainda possa atuar com a camisa rubro-negra até julho, quando abre a janela europeia.

Gerson era um sonho do técnico do time francês, Jorge Sampaoli. O treinador argentino assumiu para a próxima temporada e vem montando um elenco com as suas características. Assim, o volante será o primeiro reforço do Olympique de Marselha. Pablo Longoria, presidente do time francês, prometeu ao treinador sul-americano que faria forte investida no mercado.

Relembre a trajetória de Gerson no Flamengo

Gerson foi anunciado pelo Flamengo no dia 12 de julho de 2019. O clube pagou R$ 49,7 milhões ao Roma, onde atuava. A sua estreia aconteceu no empate em 1 a 1 com o Corinthians, dia 21 de julho de 2019. À época, o treinador rubro-negro era Jorge Jesus. Mas foi justamente com o Mister que viveu o auge da sua passagem pela Gávea.

Ao todo foram 105 jogos com a camisa do Flamengo. No total, 68 vitórias, 21 empates e 16 derrotas. Seu primeiro gol foi na vitória por 3 a 2 sobre o Botafogo, dia 28 de julho de 2019. Marcou 7 gols e deu 10 assistências.

Por sua polivalência e eficiência tanto ofensiva, quanto defensiva, Gerson ganhou o apelido de Coringa do técnico português. Mas fez jus a alcunha após conquistar o Campeonato Brasileiro e Libertadores de 2019, Recopa, Supercopa do Brasil e Campeonato Carioca de 2020 com o treinador.

Contudo, as boas atuações não renderam apenas elogios. Durante o período, o volante conquistou duas vezes a Bola de Prata em sua posição, em 2019 e 2020. No final de maio foi convocado para a Seleção Olímpica. Considerado um dos melhores da sua posição no continente, o jogador foi apontado como o principal nome do Flamengo por diversos comentaristas esportivos.

Caso de Racismo contra o Bahia

Por outro lado, sua passagem também foi marcada por um caso de racismo. Na 26ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2020, contra o Bahia no Maracanã, Gerson acusou o colombiano Ramírez e o técnico Mano Menezes de injúria racial:

“Tenho vários jogos pelo profissional e nunca vim na imprensa falar nada porque nunca tinha sofrido preconceito, nem sido vítima nenhuma vez. O Ramirez, quando tomamos acho que o segundo gol, o Bruno fingiu que ia chutar a bola e ele reclamou com o Bruno. Eu fui falar com ele e ele falou bem assim para mim: “Cala a boca, negro”. Eu nunca falei nada disso, porque nunca sofri. Mas isso aí eu não aceito”, disse à época.

CONFIRA: ‘Filipe Luís acabou com meu time’, revela técnico da Série A; assista

Entretanto, o clube baiano, que sempre defendeu o combate ao racismo, acabou perdoando o atleta. Mas o fato acabou sem punição. Após chegar ao STJD, o relator Maurício Neves Fonseca optou por arquivar o inquérito que apurava suposto crime. Segundo Fonseca, não havia provas suficientes para uma denúncia nessa esfera judicial.

TÍTULOS DE GERSON COM O FLAMENGO

Copa Libertadores da América: 2019

Campeonato Brasileiro: 2019 e 2020

Supercopa do Brasil: 2020 e 2021

Recopa Sul-Americana: 2020

Taça Guanabara: 2020 e 2021

Campeonato Carioca: 2020 e 2021

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here