Amazon não tinha plano além de botar o nome na camisa do Fla

Segundo dirigente, Fla queria construir algo grande com a Amazon, mas empresa não tinha planos além de estampar marca camisa rubro-negro

Ighor Lopes | Equipe MRN Informação

Nesta sexta-feira (26/06), a ESPN divulgou em seu canal no YouTube uma entrevista realizada com o vice de relações externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, o BAP. Em relação aos novos patrocinadores e a negociação que o clube tinha com a Amazon para ocupar o principal lugar na camisa rubro-negra, que não evoluiu e o clube fechou com o Banco BRB. Ele afirmou que não existem mais negociações com a empresa de entretenimento, negando a informação de que a marca americana ainda poderia estampar as mangas do Manto Rubro-Negro. 

Veja também: Torcida aposta em 4 milhões de pessoas assistindo Flamengo x Boavista na Fla TV

De acordo com o vice de Relações Externas, as negociações com a Amazon para estampar o patrocínio master do Flamengo praticamente não saíram do terreno da especulação: “A gente queria construir alguma coisa grande com eles, mas não tinha muita coisa além do que estou te dizendo (ser o patrocinador master). Estávamos muito animados com as possibilidades do que poderíamos fazer futuramente, mas se eu te dissesse que tinha algum plano específico, além de botar a Amazon na camisa do Flamengo, como tem com o BRB, não seria verdade”.  

BAP negou que ainda tenham conversas com a Amazon para estampar as mangas do Manto Rubro-Negro. “A Amazon entendeu que a manga não era adequada para ela, e eu concordo, e nós entendemos que o que ela queria para patrocinador master era pouco para o Flamengo.

Basicamente eles queriam uma cobertura na Viera Souto pagando condomínio de quem mora no bairro de Botafogo”, disse ao repórter Pedro Torre, encerrando o assunto deixando claro que ainda estão em busca de um patrocinador para ocupar as mangas da camisa do Mais Querido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs