Após 16 anos, Flamengo reencontra o ‘Rei de Copas’ em decisão

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Após 16 anos sem participar de uma final de torneio internacional, o Flamengo eliminou o Junior Barranquilla (COL) e está na grande decisão da Copa Sul-Americana. Agora, para conquistar o título inédito, o Mais Querido precisará superar um velho conhecido: o Independiente (ARG). Na semifinal, a equipe argentina fez valer toda a mística em cima de sua camisa e despachou o paraguaio Libertad.

O fator casa é um dos grandes diferenciais do Independiente. Jogando no estádio Libertadores de América, a equipe está invicta na competição (quatro vitórias e um empate). Nas semifinais, após perder fora de casa (1 a 0), eles fizeram valer esta força em seus domínios. Contando com o apoio do seu torcedor, os rojos venceram a segunda partida (3 a 1) e carimbaram a vaga na final.

Na competição, o clube que representa o lado vermelho de Avellaneda também eliminou Allianza Lima (PER), Atlético Tucúman (ARG) e Nacional (PAR). Na Copa Sul-Americana contabiliza sete vitórias, um empate e duas derrotas.

Conhecido como “Rei de Copas”, o time argentino é a equipe com mais títulos da Libertadores da América (7) e se orgulha da façanha de nunca ter perdido uma decisão do torneio. Na Sul-Americana, eles levantaram uma taça, em 2010.

Confrontos entre as equipes

Na história, Flamengo e Independiente já protagonizaram alguns grandes embates. Em 1995, ano do centenário do rubro-negro, os argentinos venceram o Mais Querido na decisão da Super Copa dos Campeões da Libertadores. Em 1999, o Fla eliminou o Rojo nas quartas de final da Copa Mercosul – neste mesmo ano, o rubro-negro sagrou-se campeão do torneio, última conquista internacional do clube.

O último confronto entre as equipes aconteceu em 2001, mais uma vez na Copa Mercosul. Na ocasião, o Flamengo eliminou o Independiente, também nas quartas de final. Após empatar o primeiro (0 a 0) fora de casa, a equipe da Gávea venceu os argentinos por 4 a 0, no estádio Serejão, em Taguatinga/DF. O experiente zagueiro Juan, um dos líderes do atual elenco, esteve presente na partida e marcou dois gols.

No total, as equipes enfrentaram-se em 14 oportunidades. O Flamengo saiu vitorioso em sete, empatou quatro e perdeu apenas três jogos.

Olho neles

Assim como o Flamengo, a equipe adversária também possui um jovem jogador de muita qualidade. O meia-atacante Ezequiel Barco, de apenas 18 anos, é uma das grandes promessas do futebol argentino e já desperta o interesse do futebol europeu. Na Sul-Americana ele já marcou dois gols, o último foi na vitória sobre o Libertard de pênalti. Recentemente, a revista Four Four Two elegeu Barco como o  17º melhor jovem jogador do ano de 2017 – Vinícius Júnior ficou na 67° colocação.

Ezequiel Barco em ação pelo Independiente

Outro jogador que merece atenção é o atacante Leandro Fernández. Mesmo não sendo titular absoluto da equipe, ele é o terceiro jogador com mais gols na competição (4), tornando-se a arma mais decisiva do técnico Ariel Holan.

A decisão da Sul-Americana acontece nos dias 6 e 13 de dezembro. O Flamengo fará o segundo jogo em casa.

Campanha argentina

Independiente 0 x 0 Allianza Lima

Allianza Lima 0 x 1 Independiente

Independiente 4 x 2 Deportes Iquique

Deportes Iquique 1 x 2 Independiente

Atlético Tucúman 1 x 0 Independiente

Independiente 2 x 0 Atlético Tucúman

Nacional (PAR) 1 x 4 Independiente

Independiente 2 x 0 Nacional (PAR)

Libertad 1 x 0 Independiente

Independiente 3 x 1 Libertad

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs