Após dois anos preso na Rússia, motorista Robson chega ao Rio e revela desejo de conhecer trio do Flamengo

MRN Informação | Isaac Simões — Robson Oliveira finalmente chegou ao Brasil, após passar mais de dois anos preso na Rússia. Ex-motorista do meia Fernando, do Beijing Guoan, da China, o brasileiro desembarcou no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, na noite dessa quarta-feira (5). De volta para família, ele revelou ser rubro-negro e o desejo de conhecer o trio ofensivo do Flamengo, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol.

Preso desde 2019 na Rússia, Robson não pôde acompanhar o melhor Flamengo dos últimos tempos. Por isso, não viu as passagens de Rafinha e Pablo Marí pelo Mengão. Aliás, ele confessou a jornalista Gabriela Moreira que sequer conhece o rosto do técnico português Jorge Jesus.

Leia também: Improvisado, Vini Jr. tem atuação apagada e vê Real Madrid ser eliminado da Champions

“Sou flamenguista né? Então, quero conhecer a equipe toda, se for o caso. Mas especificamente, Gabigol, Bruno Henrique e o Arrascaeta, que é um maestro. Tem dois anos que não vejo a equipe do Flamengo jogar”, contou Robson.

- Advertisement -

De acordo com a jornalista, o ex-motorista de Fernando soube por acaso que o Flamengo estava na final da Libertadores em 2019 e pediu para assistir a partida no presídio. Contudo, o brasileiro conseguiu permissão para acompanhar somente parte do confronto diante do River Plate.

Assim, ele só conseguiu assistir ao primeiro tempo do duelo, justamente quando os argentinos estavam na frente do placar. Desta forma, Robson só teve noção do que realmente aconteceu em Lima, no Peru, através da visita de um membro da embaixada brasileira, dias depois.

Prisão

Robson Oliveira foi preso em março de 2019, acusado de transportar duas caixas de Mytedom. O remédio é permitido no Brasil, mas considerado entorpecente no país europeu. Segundo a defesa do motorista, o medicamento seria para o sogro do meia Fernando, com quem ele trabalhava na época. Entretanto, a família do jogador negou a informação.

Veja também: Rubro-negro responsável pelos mosaicos do Flamengo cria ideias para representar outros torcedores no Maracanã

Ainda em 2019, Fernando acertou sua transferência do Spartak Moscou para o futebol chinês, enquanto Robson seguiu preso na Rússia. Desde então, o governo brasileiro tratou da negociação para o ex-motorista ser liberado pela Rússia. O pedido de liberação passou por uma comissão regional de Moscou, até ser confirmado pelo presidente Vladimir Putin, nesta semana.

Isaac Simões no Twitter e Linkedin.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here