Compartilhar:

Jogadores vem fazendo rodízio na cobrança, mas até agora o gol não saiu

O Flamengo está em um momento incrível na temporada. Próximo do título do Campeonato Brasileiro e na final da Libertadores, o rubro-negro vive seu auge na década, porém uma “seca” vem incomodando os torcedores e dentro do clube.

A equipe não marca um gol de falta há 1 ano e 5 meses. O último foi de Diego, na vitória sobre o Paraná, por 2 a 0, no dia 10/06/2018, no Maracanã. Na ocasião, a batida do meia desviou na barreira e enganou o goleiro Thiago Rodrigues. A partida também ficou marcada pelas despedidas de Vinicius Júnior e Felipe Vizeu. O último citado chegou até a fazer o segundo gol.

Na rodada passada, o volante Willian Arão foi mais um a tentar quebrar o jejum. Na cobrança próxima da área, o atleta colocou a bola no travessão do goleiro Douglas, do Bahia. No rebote, Gabigol marcou.

Arão
Alexandre Vidal/Flamengo

O auxiliar técnico João de Deus exaltou a batida de Arão, confirmando que o o jogador vem tendo um excelente desempenho nos treinamentos.

“O que me espanta é o Willian Arão acertar a trave e não ter feito o gol, porque ele já vem treinando há muito tempo. No vestiário o Juan brincou que no Maracanã teve Zico, Bebeto, Petkovic e, agora, Arão batendo falta”.

Mesmo com muitos meias habilidosos e técnicos na equipe como Everton Ribeiro, Arrascaeta, Gerson, Diego, Reinier e Vitinho, o tiro livre ainda é um ponto a se trabalhar nos comandados de Jorge Jesus. Até Rafinha, que nunca foi um exímio cobrador, chegou a tentar uma vez, sem sucesso.

Não deixe de ler também


Compartilhar: