Compartilhar:

Paraguaios Lucas Barrios, Catalino Rivarola e Francisco Arce colecionaram taças importantes no Brasil. Arrascaeta está perto do feito pelo Flamengo

Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa Libertadores da América. A conquista de um desses títulos já é considerada um grande feito na carreira de qualquer atleta de futebol. Os paraguaois Lucas Barrios, Francisco Arce e Catalino Rivarola já alcançaram o feito. Agora, o uruguaio Arrascaeta está perto de alcançar a façanha pelo Flamengo.

Com passagem notória pelo futebol brasileiro, o lateral-direito Francisco Arce coleciona troféus por Grêmio e Palmeiras. Entre 1995 e 1997, o paraguaio conquistou as três principais taças do calendário nacional com a camisa do tricolor gaúcho.

Acesse agora useartillero.com e concorra a uma camisa irada na promoção de lançamento do site!

Já pelo Palmeiras, ele quase repetiu a dose. Arce era titular absoluto nas conquistas da Copa do Brasil de 1998 e da Libertadores de 1999.

O zagueiro Catalino Rivarola não tem um currículo tão extenso quanto o de Arce, mas o também paraguaio foi contemporâneo do lateral nos três anos de ouro do Grêmio.

Grêmio e Palmeiras também deram ao atacante Lucas Barrios a tríplice coroa. Sem tanto destaque igual aos compatriotas, o camisa 9 também deixou seu nome na história. Em São Paulo, venceu as duas principais competições domésticas. No Sul, levou a principal disputa continental da América.

Arrascaeta mira façanha

Bicampeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro, incluindo uma conquista diante do rubro-negro carioca, Giorgian De Arrascaeta está a um passo de ser campeão do Brasileirão e jogará a decisão da Copa Libertadores.

Caso o desfecho seja positivo para o Flamengo em ambas as competições, o meia pode entrar no seleto grupo dos estrangeiros que abocanharam o trio de troféus mais relevante do país do futebol.

Vale lembrar que o uruguaio de 25 anos também tem dois títulos estaduais no currículo: o Mineiro de 2018 e o Carioca de 2019.

Não deixe de ler também

Compartilhar: