Atleta histórica do Flamengo ganha e-book no eMuseu do Esporte

O eMuseu do Esporte irá lançar nesta sexta-feira(23), o livro “Maria Lenk: atleta educadora e cientista”. O livro de 580 páginas conta a história e detalha a trajetória de uma das maiores atletas da natação brasileira. No mesmo dia do lançamento, a página oficial do eMuseu no Facebook fará uma live com historiadores e atletas para debateram o legado de Maria Lenk.

O livro conta com relatos biográficos e técnicos sobre a vida de Lenk, duas vezes recordista mundial e primeira atleta da América Latina a disputar os Jogos Olímpicos, em Los Angeles, 1932. Representando o Flamengo, Maria Lenk trouxe muitas conquistas e muito orgulho para todos os torcedores.

- Advertisement -

Veja mais: Jornalista destaca evolução do Flamengo e elogia Renato: “Mostra boa leitura”

Lenk revolucionou o esporte ao ser percussora do que hoje conhecemos como Nado Borboleta. A atleta fez isso nas Olímpiadas de 1936 em meio a Alemanha Nazista. Mais tarde, o movimento feito por Maria na prova do Nado de Peito, viraria uma modalidade própria.

- Advertisement -

Em 1940, já renomada e considerada a esperança do Brasil para conquistar medalhas, Lenk viu a Segunda Guerra mundial cancelar a Olimpíada e acabar com o sonho do ouro.

Além de ser uma grande atleta, Maria foi professora pioneira de Educação Física, primeira cientista e pesquisadora na ciência do esporte, autora de cinco livros, fundadora e primeira diretora da Faculdade de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi também a primeira mulher dirigente do Conselho Nacional de Desportos, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), da Federação Internacional de Natação, da Confederação Brasileira de Natação e co-fundadora da Associação Brasileira de Masters da Natação.

O livro conta com a participação de nove pesquisadores brasileiros e de uma pesquisadora norte-americana, prefácio da organizadora e editora, Ana Miragaya, introdução do professor Nelson Todt, presidente do Comitê Brasileiro Pierre de Coubertin, apresentação do professor Paulo Wanderley, presidente do Comitê Olímpico do Brasil, e homenagem de Hans Lenk, filósofo do esporte e professor emérito da Universidade de Karlsruhe, Alemanha.

Acompanhe o jornalista Paulo Oliveira no Twitter

Precisamos do seu apoio para fazer o melhor site de jornalismo sobre o Flamengo. Clique AQUI e saiba como se tornar nosso apoiador!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here