32.4 C
Rio de Janeiro
sábado, janeiro 23, 2021

Auxiliar de Rogério Ceni descreve experiência em trabalhar pelo Flamengo

Denise Neves
Futebol e política se misturam sim. @eudeniseneves

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Nelson Simões Júnior faz parte da comissão técnica de Rogério Ceni desde o ano de 2017, quando ambos trabalharam juntos pelo Fortaleza

Em entrevista à FlaTV, Nelson Simões Júnior, auxiliar técnico de Rogério Ceni, falou sobre a sua relação com o treinador, com quem trabalha junto desde 2017, do dia a dia no CT do Ninho do Urubu e de como é trabalhar pelo Flamengo, o que definiu em suas palavras como “difícil de descrever”.

MAIS NOTÍCIAS

Sub-20 do Flamengo elimina Fluminense e se classifica para semifinal do Brasileirão

Flamengo contrata novo preparador físico para as categorias de base

Campeonato Carioca de 2021 tem novo formato; veja como ficou

Nelson Simões Júnior é de Nova Andradina (MS) e se formou pela base do São Paulo, por onde jogou por 10 anos trabalhando junto com Rogério Ceni até atuar pelo profissional. Como jogador, encerrou a sua carreira em 2008, e logo depois iniciou graduação em Educação Física. Em 2017, surgiu o primeiro convite a Nelson, feito por Ceni, para fazer parte da comissão técnica do treinador.

Ao falar sobre como é trabalhar com Rogério Ceni, o auxiliar destacou a dedicação do treinador ao trabalho, e aproveitou para contar que o próprio Ceni mesmo enfatiza sempre a importância de todos estarem “em busca da excelência todos os dias”. Além disso, Nelson analisou o fato de Ceni ser um ex-atleta como de extrema importância para fortalecer o relacionamento do técnico do Flamengo com os jogadores.

“Ele é uma pessoa super dedicada, é um cara que vive o trabalho no dia a dia. Os profissionais que trabalham com ele têm que ser assim. E o que facilita é o que fato de ele ser ex-atleta, isso facilita muito a você acabar entendendo um pouco o lado dos atletas, principalmente no dia a dia. Na compreensão, no que ele está sentindo, o que ele necessita… Por ele ter mais de 20 anos dentro de campo como profissional, facilita muito a ajudar os atletas, na necessidade do que eles estão precisando e compreender os feedbacks deles também”, disse.

O auxiliar técnico também falou sobre como está sendo trabalhar pelo Mais Querido e destacou a importância de representar um clube da grandeza do Flamengo: “A grandeza do Flamengo é difícil de descrever. A partir do momento que você chega aqui, você vê o quanto que ele é grande realmente. Eu vi a estrutura do clube, a sua grandeza, as suas conquistas, aí que você acaba entendendo o que é Flamengo”.

“Uma equipe vencedora precisa estar trabalhando fortemente no dia a dia, ter parceria, honestidade e comprometimento. Comprometimento com o trabalho. Você saber que está representando uma nação e uma instituição que é muito grande, então você tem que ter esse comprometimento. É um fator preponderante para que você alcance o sucesso”, completou.

Ao final da entrevista, Nelson Simões Júnior relembrou a época em que atuou pelo São Paulo entre os anos de 1990 a 1993, e fez um comparativo sobre como é trabalhar pelo Flamengo hoje, em um atual momento repleto de conquistas recentes, e a necessidade de se ter comprometimento em aprimorar o trabalho pelo clube.

“Nós reconhecemos o fato de estarmos trabalhando no Flamengo, então, isso já é um valor enorme, reconhecer. Nós temos que fazer o nosso melhor todos os dias para além de crescer, estar permanecendo, trabalhando e crescendo junto com o clube”, finalizou.

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs