Baile do Vermelho e Preto: Os artistas do Carnaval que torcem pro Flamengo

No Carnaval eles brilham na Sapucaí e durante o resto do ano se unem na torcida pelo Flamengo

MRN Informação | Bruno Guedes – Twitter: @eubrguedes

“Este ano não vai ser igual aquele que passou”. A previsão da famosa e tradicional marcinha “Até Quarta-Feira” aconteceu. Em 2021 as Escolas de Samba não estarão na Marquês de Sapucaí por conta da pandemia. Antes adiado para julho, o Carnaval foi definitivamente cancelado por conta da lentidão da aplicação da vacina.

- Advertisement -

Entretanto, relembrando o famoso Baile do Vermelho e Preto que tanto sucesso fez nos anos 80 e 90, o MRN não deixou a data passar em branco. Preparamos uma lista com diversos artistas do Carnaval que torcem para o Flamengo.

São personalidades dos mais variados segmentos que durante fevereiro e março brilham na Avenida e empolgam torcedores. Contudo, no restante do ano, são eles que se unem e vão para a arquibancada torcer para o Rubro-Negro.

- Advertisement -

Alguns nomes são bem ativos até mesmo dentro do clube. Caso do compositor André Diniz. Um dos autores das canções do Flamiguinhos, Diniz também participou do álbum de 1995 com músicas que celebravam os 100 anos do Flamengo.

Outro famoso torcedor rubro-negro no carnaval é o Neguinho da Beija-Flor. Autor de “O Campeão”, popularmente conhecido como “Domingo eu vou ao Maracanã”, o intérprete nunca escondeu sua paixão pelo Mais Querido em entrevistas e redes sociais.

Confira alguns torcedores do Flamengo no Carnaval:

Alex de Souza – Carnavalesco do Salgueiro

Arquivo Pessoal

Atualmente responsável por realizar o Carnaval do Acadêmicos do Salgueiro, Alex é um apaixonado pelo Flamengo. Torcedor declarado e fanático nas redes sociais, o carnavalesco começou sua carreira na Mocidade Independente de Padre Miguel, em 1991.

Tinga – Intérprete da Vila Isabel

Arquivo Pessoal

“Solta o bicho!”. Famoso por seu grito de guerra peculiar, o puxador da Vila Isabel é mais um fanático pelo Flamengo. Diversas foram as vezes em que mesmo durante ensaios ou disputas de samba enredo, o torcedor tentou dar um jeito para acompanhar os jogos do Mais Querido.

Tinga foi campeão do Carnaval três vezes: em 2006 e 2013 pela Vila Isabel, e em 2014 pela Unidos da Tijuca.

Tia Surica – Cantora e integrante da Velha Guarda da Portela

Alexandre Vidal

A história da Portela, maior campeã do Carnaval carioca com 22 títulos, se confunde com a da Tia Surica. Ilustre torcedora do Flamengo, a baluarte é mais uma que nunca escondeu sua paixão pelas cores rubro-negras.

Conhecida pela sua feijoada de mão cheia e voz poderosa, a sambista também é sempre vista com frequência torcendo pelo clube da Gávea.

Rute Alves – Porta-Bandeira da Viradouro

RioTur

Porta-bandeira campeã do Carnaval com a Viradouro em 2020, Rute está sempre falando do Flamengo pelas quadras. Apaixonada pelo Mengão, a estrela volta e meia aproveita também as suas redes sociais para demonstrar o orgulho rubro-negro.

Não é raro vê-la com a camisa do campeão brasileiro de 1987 pelas ruas.

Neguinho da Beija-Flor – Intérprete

Arquivo Pessoal

Mais famoso torcedor rubro-negro nas Escolas de Samba, Neguinho da Beija-Flor tem uma histórica única com o Flamengo. Em 1980, na partida contra o Atlético-MG, a sua música “O Campeão” (“Domingo eu vou ao Maracanã…”) foi executada pela primeira vez no Maracanã.

A partir daquele dia, a canção se tornou um hino das arquibancadas e até hoje é entoada. Pé quente também fora do futebol, o lendários intérprete participou de TODOS os títulos da Beija-Flor no Carnaval: (1976, 1977, 1978, 1980, 1983, 1998, 2003, 2004, 2005, 2007, 2008, 2011, 2015 e 2018).

Lucinha Nobre – Porta-Bandeira da Portela

RioTur

Campeoníssima na Passarela do Samba, Lucinha também é quando o assunto é torcida. Rubro-negra, está sempre demonstrando seu amor pelo Flamengo nas redes sociais.

E a paixão vem de família. A porta-bandeira da Portela é irmã do cantor e compositor Dudu Nobre, que também é rubro-negro. Lucinha já conquistou cinco Estandartes de Ouro.

Gilsinho – Intérprete da Portela

Arquivo Pessoal

“É tudo nosso!”, diria o puxador da Portela quando o assunto é Flamengo. Um dos mais enlouquecidos torcedores do Rubro-Negro no Carnaval, Gilsinho não deixa de lado sua torcida por onde vai.

Dono de uma voz potente, o cantor é figurinha certa nas rodas de debate de futebol. Sempre defendendo o Mais Querido, claro.

Mestre Dudu – Mestre de Bateria da Mocidade Independente

Arquivo Pessoal

Uma das maiores revelações do Carnaval Carioca, o mestre de bateria da Mocidade Independente de Padre Miguel aumenta a lista de rubro-negros na folia.

Filho do lendário Mestre Coé, Dudu só deixa a costumeira tranquilidade de lado quando o Flamengo entra em campo.

André Diniz – Cantor e compositor

Arquivo Pessoal

Maior campeão de samba enredo da Vila Isabel – superando até mesmo Martinho da Vila – André Diniz é um dos mais apaixonados rubro-negros dessa lista. Responsável por parte das canções do projeto Flamiguinhos, o cantor e compositor é presença confirmada nos jogos do Flamengo.

Também professor de História, Diniz está sempre nas redes sociais provocando e sendo provocado pelos rivais. E claro, além de muitas imagens acompanhando o Rubro-Negro. Como nesta acima, na final da Libertadores de 2019.

Marquinhos Art’Samba – Intérprete da Mangueira

Arquivo Pessoal

“Vem! Vem! Vem comigo” é o grito de guerra do Marquinhos Art’Samba. Mas também poderia ser mais um trecho do hino do seu clube de coração. O intérprete da Mangueira sempre aparece entre amigos ou nas redes sociais brincando com os rivais.

Apaixonado pelo Rubro-Negro, também é presença marcante em diversos jogos da equipe.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here