Base decide, Flamengo vence Junior e volta a uma decisão internacional após 16 anos

Bruno Vasconcellos
Amante do bom futebol e apaixonado pelo Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

A Nação Rubro-Negra pode comemorar. Após 16 anos, o Flamengo voltará a disputar a decisão de um torneio internacional. Na noite desta quinta-feira (30), o Mais Querido venceu o Junior Barranquilla, por 2 a 0, na Colômbia, e garantiu vaga na final da Copa Sul-Americana. Os gols do triunfo rubro-negro foram anotados pelo atacante Felipe Vizeu. No entanto, o jogo ficaria marcado por outro atleta prata da casa. Voltando a disputar uma partida oficial após quase dois anos, o goleiro César defendeu o pênalti cobrado por Chará.

Com a classificação garantida, o Mais Querido enfrentará o Independiente (ARG) na decisão da competição continental. O primeiro jogo da grande final será disputado na próxima quarta-feira (6), em Avellaneda. A segunda e decisiva partida será realizada no Maracanã, no dia 13 de dezembro.

Mesmo diante do peso da final da Copa Sul-Americana, o Flamengo tem um importante desafio daqui a três dias pelo Campeonato Brasileiro. A equipe comandada pelo técnico Reinaldo Rueda enfrentará o Vitória, no domingo (3), às 17h (de Brasília), em Salvador. O jogo valerá a classificação a Libertadores para o Mais Querido, enquanto o Leão jogará a permanência na Série A.

O jogo

Pouco antes da bola rolar, o zagueiro Rever sentiu incômodo no músculo posterior da coxa esquerda e foi substituído por Rhodolfo. A mudança mais aguardada pelo torcedor rubro-negro, porém estava na meta flamenguista.  O técnico Reinaldo Rueda surpreendeu e sequer deixou Alex Muralha entre os reservas. César, que ficou com a responsabilidade de fechar o gol rubro-negro, foi testado logo nos minutos iniciais da partida. Em cobrança de falta, Chará rolou para Mier chutar forte e rasteiro. Apesar do lance ter sido invalidado pela arbitragem, o arqueiro flamenguista mostrou ótimo reflexo ao defender a bola.

O primeiro tempo teve predomínio do time colombiano, que ameaçava nas chegadas individuais de Chará em chutes de fora da área.  Bem postado, o Flamengo resistia, mas não jogava apenas para defender o resultado. O Mais Querido teve uma grande chance para abrir o placar aos 39 minutos, quando Lucas Paquetá cruzou rasteiro para Felipe Vizeu, que chegou de carrinho na bola, mas não conseguiu superar o goleiro Viera.

Precisando do gol, o Junior Barranquilla voltou ainda mais ofensivo depois do intervalo. Os cinco primeiros minutos foram de total pressão dos colombianos. Entretanto, em uma bela trama individual de Felipe Vizeu, o atacante rubro-negro passou como quis pela marcação, cruzou o campo adversário e finalizou na saída do goleiro Viera. O gol rubro-negro não desanimou os anfitriões, no entanto, eles não conseguiam levar perigo.

O jogo voltou a esquentar apenas no final, quando o Junior ensaiou uma nova pressão. A insistência dos colombianos deu resultado. Aos 41 minutos, Barrera acabou derrubado na área por William Arão. A penalidade foi assinalada pelo árbitro chileno Roberto Tobar. Melhor jogador do Junior, Chará pegou a bola e cobrou a meia altura. Mostrando uma frieza surpreendente, César pulou no canto esquerdo e defendeu a cobrança. Já nos acréscimos, Diego cobrou rápido uma falta na intermediária adversária, entregou para Rodinei, que cruzou na medida para Vizeu dar números finais à partida: Flamengo 2 a 0.

 

Ficha Técnica

Semifinal da Copa Sul-Americana / Jogo da volta

Junior Barranquilla 0 x 2 Flamengo

Data: 29 de novembro de 2017

Local: Estádio Metropolitano de Barranquilla, na Colômbia

Junior Barranquilla: Viera; David Murillo, Jorge Arias, Rafa Pérez e Germán Gutiérrez (Barrera); Narváez e Cantillo; Chará, Matías Mier (Olevar) e Yony González (Luis Díaz) ; Teo Gutiérrez.

Flamengo: César; Pará, Rhodolfo, Juan e Miguel Trauco; Willian Arão e Cuéllar; Éverton Ribeiro (Marcio Araújo), Diego e Lucas Paquetá (Rodinei); Felipe Vizeu (Mancuello).

Árbitro: Roberto Tobar (CHI).

Cartões amarelos: Germán Gutiérrez (JUN); Rhodolfo (FLA).

Gols: 0-1, Felipe Vizeu, Min. 51 || 0-2, Felipe Vizeu, Min. 90+1.

Foto em destaque: Gilvan de Souza/ Flamengo 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs