Compartilhar:

Questionado na coletiva concedida após a apresentação do atacante Pedro sobre o futuro de Diego Alves, o vice-presidente de Futebol do Flamengo, Marcos Braz, disse que as negociações para renovar o contrato do goleiro, que se encerra no fim do ano, ainda não se resolveram, mas que ele acredita que não terá problema para estender o vínculo do jogador com o Flamengo.

— Falar do Diego Alves pra mim é a coisa mais fácil do mundo. Todo mundo sabe que quando a gente chegou aqui ele tava três meses afastado por um problema com a outra diretoria. A gente sempre teve uma boa relação, ele é um jogador muito importante, super importante, campeão da Libertadores, campeão brasileiro. E quando chegar esse tema [da renovação], a gente ainda não começou a falar desse assunto porque foram tantos assuntos nesses 15 dias que não é que um jogador seja mais importante que o outro. É que simplesmente um jogador tem que começar antes do outro, não dá pra fazer 30 ao mesmo tempo. Mas a relação é a melhor possível, é um desejo do Flamengo a continuidade dele. Eu acho que ele sempre externou isso, ele tá muito feliz aqui, é um ídolo da torcida. É uma pessoa que a gente respeita, é muito querido, pelo menos para mim. Acredito que a gente não terá problema na extensão dele não.

Diego Alves, de 34 anos, chegou ao Flamengo em 2017 e disputou 131 partidas pelo clube. No ano passado, foi destaque na campanha do título da Libertadores com grandes defesas e recebeu a Bola de Prata como melhor goleiro do Campeonato Brasileiro.

Além do goleiro, Braz e o diretor de Futebol, Bruno Spindel, foram questionados sobre a renovação do contrato de outro jogador cujo vínculo se encerra no fim desta temporada, o lateral-esquerdo Renê. Nesse caso, ambos disseram que a situação “já está resolvida”. O novo vínculo de Renê deve ir até o fim de 2023.

Compartilhar: