Compartilhar:

Jogadores do Flamengo vão fazer fisioterapia e estão vetados até nova avaliação médica

O atacante Bruno Henrique e o zagueiro Rodrigo Caio saíram machucados do jogo dessa quarta-feira (19) contra o Independiente Del Valle e foram reavaliados na reapresentação do elenco nesta quinta (20).

Apesar da preocupação inicial, principalmente com Bruno Henrique, o atacante sofreu um trauma na perna direita, e ainda no Equador, foi descartada a hipótese de fratura. Já no Rio de Janeiro, ao fazer outro exame, foi constatada uma lesão no ligamento colateral medial. O tratamento será feito com fisioterapia e não há necessidade de cirurgia.

Também na chegada ao Rio, foi constatada uma lesão em Rodrigo Caio, no adutor direito. Como Bruno Henrique, o tratamento será feito com fisioterapia. Ambos estão vetados até nova avaliação médica.

Momento das lesões

A lesão de Bruno Henrique aconteceu no momento em que marcou o primeiro gol do Flamengo. Após um choque com o goleiro Pinos, do Independiente, o atacante não conseguia nem se levantar e teve que sair de ambulância do estádio. Pedro entrou em seu lugar. Já Rodrigo Caio sentiu o adutor no final da partida, após se esticar para cortar uma bola, e foi substituído por Thuler.

Próxima partida

Antes do jogo de volta da Recopa, o Flamengo enfrenta o Boavista, neste sábado (22), pela final da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. A segunda partida contra o Independiente será na próxima quarta-feira (26), às 21h30, no Maracanã.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Paula Reis / Flamengo

Compartilhar: