Compartilhar:

Lucas Tinôco, do MRN Informação

Flamengo negocia com a Amazon para ser nova patrocinadora master do clube e pretende oferecer as mangas do uniforme para o banco BS2, atual dono da posição no Manto Sagrado.

Na tarde da última quarta-feira (04), o canal “Paparazzo Rubro-Negro” informou que o Flamengo negocia com a Amazon para assumir o novo patrocínio master do uniforme rubro-negro. Para isso, o BS2, atual dono da posição, receberá a proposta de ir para as mangas do Manto, algo que, segundo o colunista Lauro Jardim, será recusado.

Flamengo acabou com sequência sem vitórias ao vencer em Barranquilla

De acordo com Jardim, em sua coluna do O Globo, o BS2 já está decidido em recusar a proposta do time de expor sua logomarca nas mangas do uniforme. Segundo especulações, o negócio com a maior empresa e-commerce do mundo renderia mais que o dobro dos R$ 15 milhões pagos pelo banco atualmente. Além desse valor, a Amazon estaria disposta a pagar a multa rescisória entre clube e atual patrocinador master.

Além do patrocínio para a equipe principal, a BS2 acertou estampar sua marca nos uniformes das equipes feminina e das divisões de base do Mais Querido, contrato que duraria até dezembro deste ano. Uma rescisão acabaria, também, com a exposição nas respectivas categorias.

Amazon e Flamengo vêm estreitando relações desde 2019. No final do ano, por meio do seu serviço de streaming de vídeo, a gigante mundial filmou os bastidores da saga do rubro-negro no Mundial de Clubes, rendendo 1 milhão de dólares ao time por ter cedido os direitos.

Foto com torcedores do Flamengo concorre ao principal prêmio de fotojornalismo do mundo

Caso ambos se acertem, o Flamengo passará a ter a camisa mais valiosa do Brasil, ultrapassando os R$ 100 milhões arrecadados pelo Palmeiras com patrocinadores e fornecedor esportivo. Atualmente o Flamengo conta com o BS2 como patrocínio master, MRV nas costas, Sportsbet.io na clavícula, Azeite Royal no calção, TIM no número da camisa, a Total na barra da camisa e a Orthopride no meião. A manga está vaga e o clube deve oferecer espaço ao banco.

Compartilhar: