Reserva de Renê e insatisfeito no Flamengo, o lateral-esquerdo Miguel Trauco não se reapresentou no Ninho do Urubu, nesta segunda-feira (2). Segundo o Mais Querido, o peruano não justificou sua ausência antes do início da atividade. Após a eliminação do Peru na Copa do Mundo, o atleta deveria retornar ao treinos, hoje. Seu compatriota, Paolo Guerrero, apareceu normalmente para a atividade.

Ao repórter Venê Casagrande, do Esporte Interativo, o empresário do jogador explicou a ausência de Trauco no treino desta manhã. Segundo José Chacon, o atleta perdeu o voo para o Brasil por causa de um imprevisto familiar envolvendo sua esposa, que está grávida. Entretanto, mesmo com a justificativa, o Fla irá tomar as atitudes cabíveis.

Ainda na Rússia, Trauco já havia manifestado seu desejo de sair do Rubro-Negro.

– Quero sair do Flamengo, estou muito incomodado –, afirmou.

Miguel Trauco chegou ao Flamengo em 2017 e herdou a vaga de titular após a venda de Jorge para o Monaco. Na atual temporada, ainda sob o comando de Carpegiani, o peruano perdeu a vaga para o Renê. Desde então, o atleta de 25 anos começou a manifestar sua insatisfação. Mesmo após a chegada de Mauricio Barbieri, ele seguiu no banco.

O lateral tem 59 jogos e quatro gols pelo Fla. Seu contrato com o clube vai até o fim de 2019. O empresário do atleta está tentando encontrar um novo clube para ele. O Toulouse, da França, seria um dos possíveis interessados.

Leia também: Visando a retomada da temporada, o Fla volta aos trabalhos nesta segunda-feira

Foto de destaque: Gilvan de Souza/ Flamengo


Quer ser apoiador do Mundo Rubro Negro? CLIQUE AQUI