Compartilhar:

Jorge Jesus revelou que tentou convencer o atacante a jogar no Flamengo em 2019

Em participação no programa “Jogo Sagrado” do Fox Sports, na última segunda-feira (9), o técnico do Flamengo, Jorge Jesus, revelou que no meio da negociação para trazer Pablo Marí em 2019, buscou outro espanhol que atuava pelo La Coruña. O centroavante Carlos Fernández era o desejo do “Mister”.

LEIA: Jesus na Fox: trends topics, bastidores de Flamengo contra River e Liverpool e repercussão em Portugal

SEJA SÓCIO TORCEDOR

Se com Marí, o estafe rubro-negro conseguiu convencer que uma vinda para o Flamengo poderia valorizar o defensor, o mesmo não aconteceu com Fernández, que optou por continuar no futebol europeu e fechar com o Granada-ESP.

Jesus ironizou a recusa de Fernández, afirmando que atualmente seu antigo companheiro de equipe joga na Premier League, enquanto o centroavante ainda busca espaço em equipes menores do futebol espanhol.

“Eu queria dois jogadores do La Coruña, Pablo Mari e Carlos Fernández. Só o Pablo quis vir para o Flamengo, e hoje, o Carlos Fernández está no Granada, e o Marí no Arsenal” , disse Jesus.

QUEM É

Com 23 anos e 1,85m, Fernández atuou pelo La Coruña com os direitos econômicos presos ao Sevilla. O atacante chegou a ser titular da seleção espanhol sub-20 em 2015.

Foi emprestado pelo Sevilla após sofrer uma grave lesão na temporada 2016/17. Até então, era o “xodó” de Sampaoli na equipe, entrando com frequência durantes os jogos.

Após ser cedido ao La Coruña, chegou a atingir a marca de 10 gols, três assistências em 29 jogos. Fato que animou os dirigentes do Sevilla, mas o então treinador Lopetegui, não desejou a volta do atleta, cedido ao Granada.

O Flamengo entra em campo nesta quarta (11), sem Carlos Fernández no comando de ataque, mas com Gabigol e Pedro como opções, para enfrentar o Barcelona-EQU, às 21h30 no Maracanã, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.

Crédito de imagem destacada: Divulgação

Sobre mim:

Twitter: @Yago_Martins23 | 22 anos, passagens por Rádio RPC, jornal Ilha Notícias e TV Ilha Carioca.

Compartilhar: