Compartilhar:

MRN Informação | Twitter: @Yago_Martins23

Atacante foi uma das maiores contratações da história do Flamengo em valor financeiro

Para o setor ofensivo, o Flamengo já acertou a contratação de Pedro Rocha e está próximo de fechar com Michael, do Goiás. O elenco que já conta com peças como Bruno Henrique, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabigol (que tem situação indefinida, mas negocia a renovação), ainda pode ter Pedro. O cenário mostra que outros jogadores do setor podem ser negociados, caso de Vitinho.

De acordo com o jornalista Mauro Cezar Pereira, da ESPN, o atleta que custou R$ 40 milhões em 2018 aos cofres rubro-negros, pode ser vendido, caso venha uma proposta que seja vantajosa ao clube da Gávea. Porém, a negociação seria difícil, pelo alto investimento que o Flamengo fez. No máximo, Marcos Braz iria querer recuperar boa parte do dinheiro investido ainda por Carlos Noval, na gestão do Bandeira.

Leia também: Cantando música da torcida e emocionado, Pedro Rocha concede primeira entrevista pelo Flamengo

Existe a expectativa que mesmo com a alta concorrência no ataque, Vitinho tenha espaço no elenco de Jorge Jesus. O Fla terá um calendário cheio, com as disputas da Supercopa do Brasil, Recopa Sul-americana, Libertadores, Carioca, Copa do Brasil e Brasileiro.

Ainda tem a Copa América no meio da temporada, que irá prejudicar muito o planejamento do clube, já que o Brasileirão não irá parar durante a competição entre seleções. O Fla pode ter muitos jogadores convocados.

No dia 27 de julho de 2018, Vitinho foi anunciado pelo Flamengo. O atleta foi apresentado no final de semana seguinte, no Maracanã, ao término do primeiro tempo da partida entre Flamengo x Sport.

Nos seus primeiros seis meses não conseguiu empolgar os torcedores, e muitos questionamentos sobre sua vinda surgiram.

Porém, mesmo não figurando entre os titulares em 2019, seu rendimento melhorou, e sempre que solicitado ajudou a equipe. Vitinho marcou o gol do título na final do Carioca contra o Vasco, deu duas assistências e fez um gol em uma partida complicada contra o Atlético-MG quando o Flamengo sofria com muitos desfalques e buscava disparar na liderança do Brasileiro, e terminou o ano com nove gols e cinco assistências.

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: