Compartilhar:

Por Ighor Lopes

Nesta segunda-feira, (04/05), em reunião feita por videoconferência, clubes decidiram pelo encerramento da atual edição do NBB devido à pandemia da covid-19.

Nesta assembleia, foi decidido pelas equipes, junto com o presidente interino da LNB, Nilo Guimarães, que o retorno à temporada seria inviável devido as diferentes realidades vividas pelas equipes, optando, portanto, pelo encerramento sem um campeão mas com a tabela mantida, de acordo com a pontuação das equipes antes do início da Quarentena.

Dessa forma, o Mais Querido assegura sua vaga para a Champions League da próxima temporada, já que liderava a competição com certa folga, contando com 21 vitórias entre os 24 jogos que foram disputados ao longo de 2019/2020, com um excelente aproveitamento de 87,5%.

Divirta-se aprendendo mais sobre o Mengão
+ Desafio: Responda quem marcou em finais pelo Flamengo (1961-1999)
+ Quiz: 25 perguntas sobre o heptacampeonato brasileiro do Flamengo
+ Quiz Musical do Flamengo: qual é a música, Nação?

Apesar da discussão pelo retorno da competição direto nos playoffs, não foi encontrado um denominador em comum para o retorno das atividades, já que cada estado brasileiro vive uma realidade distinta no combate ao COVID-19. A falta de avanço em relação à pandemia também foi um fator crucial para a tomada da decisão.

O Clube de Regatas do Flamengo acatou a decisão, encerrando a competição nas quartas de final, onde enfrentaria o vencedor do duelo entre Rio Claro x Botafogo. Em publicação no site oficial do clube, o diretor de esportes olímpicos Marcelo Vido destacou a união entre os co-irmãos:

“Após várias avaliações com a participação de todos os envolvidos, dirigentes dos clubes, técnicos, atletas, equipes multidisciplinares, árbitros, patrocinadores… a atitude de cancelar o NBB foi madura e responsável. Mais uma vez, a união de todos foi fundamental nessa tomada de decisão”, disse Marcelo Vido.

Clique aqui e apoie o MRN com apenas R$ 5,00 mensais.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Marcelo Cortes / Flamengo

Compartilhar: