Conheça a história por trás do ‘Chororô’, gesto feito por Souza

MRN Informação | Paulo Oliveira— Nesta quinta-feira, 04, o atacante Souza, também conhecido como ‘Caveirão’, completa 39 anos de idade. O centroavante teve passagem pelo Flamengo entre os anos de 2007 e 2008, conquistando dois títulos estaduais.

Apesar dos títulos cariocas, Souza ficou marcado principalmente por ser o criador do gesto ‘Chororô’ que tinha como intenção provocar os torcedores e jogadores do Botafogo. Você conhece essa história completa? O Mundo Rubro Negro conta pra você!

Veja mais: Os 33 anos do “jogo do papel higiênico”

Flamengo e Botafogo protagonizaram a decisão da Taça Guanabara de 2008 e no começo do jogo, o alvinegro abriu o placar com Welington Paulista. Tudo seguia bem para a equipe comandado pelo técnico Cuca até que aos 14 minutos do segundo tempo, Marcelo de Lima Henrique marcou pênalti de Ferrero em Fábio Luciano para revolta dos botafoguenses.

Flamengo Chororô
Foto: Reprodução SporTV

Ibson cobrou bem e empatou o jogo para o Mengão. Na comemoração, Souza tentou pegar a bola das mãos do goleiro Castillo, o que gerou uma confusão generalizada em campo. O juiz acabou expulsando o camisa 9 do Flamengo e também o meio-campista Zé Carlos, do Botafogo. Após a confusão, o emocional do time botafoguense ficou abalado e tudo piorou quando, aos 27 minutos do segundo tempo, Lúcio Flávio recebeu o segundo amarelo por falta em Juan e foi expulso.

Em dado momento, o treinador Cuca entrou em campo para acalmar seus jogadores que estavam totalmente revoltados com a arbitragem. Desestabilizado e com 2 jogadores expulsos, o Botafogo viu Diego Tardelli acertar um lindo chute aos 46 minutos da etapa final para dar a vitória e o título ao Mais Querido.

Enquanto os jogadores e dirigentes do Flamengo festejavam a conquista, os jogadores do Botafogo juntamente com Cuca, protagonizavam um dos maiores vexames da história do futebol carioca. Na entrevista coletiva pós jogo, todos os jogadores se reuniram na sala para receber os repórteres e manifestaram toda sua indignação contra a arbitragem.

O jogador Túlio disse que se fosse um torcedor do alvinegro, não compareceria ao estádio em jogos do Campeonato Carioca e declarou que só continuaria jogando a competição por ter contrato com o clube. Muitos jogadores estavam chorando e visivelmente abalados.

botafogo
Reprodução: ESPN.com

Uma semana após o ocorrido, o Flamengo enfrentou o Cienciano, do Peru, pela Libertadores, no mesmo Maracanã que havia vencido o Botafogo. Aos 37 minutos do primeiro tempo, Souza abriu o placar para o Fla e em sua comemoração, imortalizou um gesto que viria a ser um dos maiores “memes” do futebol brasileiro: o famoso ‘Chororô’.

Depois de Souza, alguns jogadores já replicaram o gesto do ‘Chororô’ em duelos contra o Botafogo, como por exemplo: Hernane Brocador, Vinícius Júnior e mais recentemente, Gabigol.

Chororô
Reprodução: TV Globo

Souza deixou o Flamengo em Julho de 2008 rumo ao Panathinaikos, da Grécia. Pelo Rubro-Negro o camisa 9 fez 74 jogos e marcou 24 gols.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs