Compartilhar:

No ultimo dia 27, a Riot Games confirmou oficialmente a line-up que representará o Flamengo na segunda etapa do CBLoL. O nome que mais chamou a atenção de toda a comunidade foi o do atirador sul-coreano Bvoy, por ser um reforço de ponta e que pode compor uma das rotas mais fortes de todo o cenário.

Porém, parte do público que acompanha os Urubus não assiste campeonatos internacionais e ficou se perguntando se a empolgação com o jogador é válida. Pensando nisso, o MRN fez um trabalho de pesquisa e análise do jogador para apresentar o mesmo para toda a Nação Rubro-Negra.

Ju “Bvoy” Yeong-hoon tem 22 anos, é sul-coreano e começou a sua carreira em um time de base do seu próprio país. De lá, teve passagens por 4 equipes da China, com a mais notável sendo pela JD Gaming, jogando pela liga mais competitiva do mundo como reserva do famoso atirador Imp, campeão mundial de 2014. Mesmo cumprindo esse papel, o jogador atuou em cinco jogos mostrando uma mecânica consistente na campanha surpreendente do time naquele split, pois fizeram a chamada “cinderella run” rumo aos playoffs, vencendo diversos jogos em sequência, mas perdendo para a Invictus na fase eliminatória.

Depois disso o jogador atuou em uma região mais próxima ao Brasil: LATAM. O time até a entrada de Bvoy amargava 2 vitórias e 5 derrotas, mas após a entrada dele entraram em uma sequência impressionante de vitórias e terminando com o recorde (com o atirador no time) de 10 vitórias e 4 derrotas, resultado que qualificou o time para a fase eliminatória. Porém, mais um revés nos playoffs, dessa vez para a zebra XTEN Esports, encerrou a passagem do ad carry pelo time latino.

O auge da carreira do jogador chegou em seu próximo time: a Misfits Gaming, da prestigiada LEC (Liga europeia de League of Legends), considerada como o campeonato de nível mais alto fora da Ásia. Lá, ele acumulou 11 vitórias quando foi titular, ajudou o time a se classificar para os playoffs mas a equipe foi derrotada pela Rogue pelo placar de 3-1

As principais picks do jogador no torneio europeu foram Xayah e Aphelios, o que dá pistas de seu estilo na lane: agressivo e mecanicamente forte. Segundo o analista e criador de conteúdo Bernardo Pereira, o atirador ficou conhecido no Brasil por essa mecânica, chegando “parecer ter 20 dedos nas mãos” nas palavras de alguns jogadores brasileiros, pois nos treinos e confrontos feitos contra eles o atirador era um adversário complicado de ser batido, muito por conta de ser uma ameaça constante na fase de rotas e tendo um posicionamento invejável nas lutas.
Tais predicados puderam ser confirmados durante seu split na Misfits.

Mas nem tudo são flores: o analista deixou claro que o jogador ao mesmo tempo que realiza jogadas insanas mecanicamente, pode ficar desligado em meio as partidas e cometer erros grotescos. O inicio meio lento do jogador também pode ser um problema, visto que ele já irá estrear no Split mais importante do ano.

Porém, o retorno de Luci se torna ainda mais positivo para o time com a adição de Bvoy: ambos são amigos pessoais e foi reportado que Luci foi um dos grandes entusiastas para a contratação do ad carry. Bernardo destaca isso em sua análise do jogador:

“Jogar ao lado do Luci, um suporte também bastante agressivo e com o diferencial de ser um grande shotcaller (sem contar a comunicação na mesma língua e amizade que os dois têm), pode ser uma arma extremamente impactante para o jogo do FLA na próxima etapa. Talvez, dentro de uma dinâmica de equipe onde ele esteja melhor “adaptado” por ter pessoas próximas à ele, o ambiente do FLA possa ser um espaço para que esses erros da época de Misfits não sejam repetidos e que ele consiga ficar mais solto para brilhar.

Sobre a entrada do jogador no CBLoL no seu time do coração, o analista também se mostrou empolgado assim como a torcida:

Pensar que um jogador desse porte está no CBLoL é uma alegria como profissional e entusiasta da liga, mas ver que é no Mengão, deixa um gostinho melhor ainda. Vamos torcer pra tudo correr bem com a chegada do sul-coreano, essa etapa promete e muito pro FLA.”

Não deixe de ler também

A tão aguardada estréia de Bvoy está programada para acontecer na primeira semana do CBLoL, que será disputada no dia 6 de junho.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN

Compartilhar: