Conheça o time do Flamengo no 1º Split do CBLOL 2021

Depois dos erros do ano passado, o Flamengo CBLOL se reestrutura e vem para brigar novamente por títulos em 2021; conheça os nomes contratados

MRN Informação | Henrique Machado – Twitter: @henrique_s_m

O Flamengo passou por seu pior momento no CBLOL no último split. O rubro-negro havia disputado a final em todas as etapas que tinha disputado e pela primeira vez ficou de fora até dos playoffs.

A etapa foi marcada por confusões internas como a demora na chegada dos coreanos, fazendo com o que o analista rubro-negro, FLAnalista, tivesse que completar a equipe nas 3 primeiras rodadas, além de várias punições a equipe e críticas públicas do CEO da Simplicity, gestora da equipe, Jed Kaplan.

Veja mais: Riot Games anuncia calendário e novo formato para o CBLOL 2021

- Advertisement -

Depois destes resultados abaixo das expectativas em 2020, o Flamengo se reestruturou e vem para brigar novamente por títulos. Para deixar a crise no passado, o Flamengo mudou quase tudo e o MRN apresenta para você os novos jogadores e técnicos do rubro-negro.

O Flamengo no 1º Split do CBLOL 2021

Parang

Para a rota superior, o Flamengo contratou Parang. O coreano jogou no Brasil no 1º Split de 2020 representando a Kabum e foi peça chave para a conquista do título dos ninjas. Enquanto esteve por aqui, Parang dominou a posição, se destacando pela sua facilidade de jogar com vários campeões diferentes e técnica apurada.

Foi eleito o 2º melhor top laner da fase classificatória, vale lembrar que a Kabum teve um início conturbado e a vaga nos playoffs foi garantida na última rodada. Nos playoffs, foi eleito o Craque da Galera tanto nas semifinais como na final, sendo também eleito o MVP em 1 das 3 partidas disputadas pelos ninjas tanto nas semi como nas finais.

Imagem: Divulgação / Riot Games Brasil

Ranger

O caçador foi o único mantido no elenco principal para 2021. Apesar das atuações abaixo do esperado em 2020, Ranger é considerado um dos melhores da posição no Brasil. Chegou ao Flamengo com status de melhor jungler brasileiro e busca recuperar o posto perdido.

Imagem: Divulgação / Riot Games Brasil

Tutsz

Na rota do meio, mais um jogador campeão pela Kabum no 1º Split de 2020, sua etapa de estreia. Tutsz é considerado como uma das maiores joias do League of Legends brasileiro, o jogador foi eleito como a Revelação do Ano no Prêmio CBLoL. O jovem, batizado de Arthur por conta do Zico, vem para substituir Goku, recordista de partidas pelo Flamengo na modalidade. Assim como Parang se destaca pela facilidade com um vasto número de campeões e foi junto com o coreano o recordista de MVPs nos playoffs da 1ª etapa de 2020, com 2 prêmios cada.

Imagem: Divulgação / Riot Games Brasil

Absolut

Para a posição de atirador, um velho conhecido volta a vestir rubro-negro. Absolut que defendeu o Manto Sagrado na 1ª etapa de 2020 retorna para a temporada 2021. O jogador ficou afastado da 2ª etapa de 2020 para operar o pulso por conta de uma lesão que o incomodava há anos. Campeão pela Team One no 2º Split de 2017, o atirador foi eleito a revelação no Prêmio CBLoL daquele ano. Em sua primeira passagem pelo rubro-negro, Absolut foi escolhido como o melhor atirador da fase classificatória.

Imagem: Divulgação / Riot Games Brasil

Redbert

Fechando a equipe e a rota inferior, Absolut reeditará a dupla campeã do CBLoL no 2º Split de 2017 com Redbert. O suporte tricampeão brasileiro, além do título com os golden boys conquistou duas vezes o CBLoL pela INTZ (1º Split de 2019 e 2º Splt de 2020), chega ao Flamengo como o melhor da posição no Brasil. Foi inclusive no palco do Prêmio CBLoL que Redbert “vazou” o seu anúncio numa fala no melhor estilo Ronaldinho Gaúcho.

Imagem: Divulgação / Riot Games Brasil

Comissão Técnica

Um dos pontos mais criticados pela torcida rubro-negra durante os últimos anos em relação ao time de League of Legends foi a comissão técnica. Dessa vez, a equipe resolveu investir também fora de Summoners Rift e anunciou uma comissão técnica de peso.

O primeiro técnico anunciado foi Pades, atual campeão da liga turca pela SuperMassive. No Mundial, o time ficou a uma série de participar da fase de grupos. O outro técnico contratado pelo rubro-negro é o americano Abaxial. O Abacaxi, como é carinhosamente chamado pelos fãs, é o treinador mais vencedor do CBLoL com 4 títulos, tendo conquistado 3 com a INTZ e 1 com a Kabum.

A vaga de analista segue em aberto após o anúncio da saída do FLAnalista.

Flamengo Academy

Uma das grandes novidades do CBLOL para a temporada 2021 é a criação de uma liga de desenvolvimento, chamada de Academy, com o intuito de desenvolver novos talentos, além de dar mais espaço a jogadores que não asseguraram lugar nas equipes principais.

O time secundário do Flamengo contará com a presença de Goku, mid laner campeão pelo rubro-negro no 2º Split de 2019 e eleito o melhor da posição no Prêmio CBLoL do mesmo ano. O jogador que mais vezes vestiu o Manto Sagrado na modalidade passou por momentos complicados, tanto na vida pessoal quanto na profissional, na última temporada e resolveu dar um passo atrás na carreira, conforme anunciou em sua conta no Twitter.

Além de Goku, outro ex-jogador da equipe principal se junta ao time secundário. Trata-se do caçador, Asta, porém, enquanto o mid laner é o recordista de aparições, o jungler apenas treinou com a equipe na 1ª etapa de 2020. Depois dessa passagem pelo Flamengo, Asta retornou a Team One para a 2ª etapa da temporada, onde ficou com o vice campeonato do Circuito Desafiante.

Outro jogador com experiência no competitivo que fará parte do elenco da Academy é o também mid laner, Blacky. O jogador que disputará posição com Goku fez parte do elenco da Rensga durante toda a temporada de 2020, tendo sido eliminado nas semifinais do 2º Split justamente para a Team One do Asta.

Fechando a lista de jogadores com passagem pelo competitivo está o suporte Bounty. O atleta jogou uma partida na última etapa do CBLoL pela INTZ. Os demais jogadores realizarão sua estreia no cenário competitivo, são eles: Cacah (topo), scary (caçador) e Netuno (atirador).

O time Academy seria comandado por Kake, porém o treinador foi desligado após acusações de assédio e pedofilia. O novo treinador ainda não foi revelado.

4 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here