Compartilhar:

Em sua primeira entrevista coletiva no ano, o camisa 10 do São Paulo, Daniel Alves, falou sobre a crise que seu clube vive com a torcida após a eliminação no Campeonato Paulista, e também elogiou a chegada do novo técnico do Flamengo, Domènec Torrent, com quem trabalhou no Barcelona durante anos.

Queria dar boas-vindas ao Dome (Domenec Torrent, novo técnico do Flamengo), vivemos momentos incríveis e históricos. Fazemos parte um da vida do outro. Como embaixador brasileiro, dou boas-vindas e espero êxito no Flamengo, exceto contra o São Paulo”.

Durante sua coletiva, o atleta também rechaçou qualquer possibilidade deixar o São Paulo, rumo ao Flamengo: ”Uma coisa que quero deixar claro para nunca mais ter esse debate. O único clube que eu jogo no Brasil é o São Paulo. Se sair qualquer coisa de outro clube pode falar que é mentira. Falei brincando que encerraria no Bahia, mas a torcida me rechaçou porque falaram que seriam apenas dois meses. Que fique claro: único clube é o São Paulo. É meu sonho de criança. Não faço minha profissão por dinheiro”.

Os rumores de que Dani poderia se transferir para o rubro-negro se iniciaram no último domingo, quando o jornalista da Fox Sports, Eduardo Savoia, informou que conselheiros do clube paulista pressionavam a diretoria a tentar negociar o jogador com o Flamengo, na intenção de reduzir a folha salarial do São Paulo.

O Mundo Rubro Negro chegou a até promover uma enquete em seu Twitter em que perguntava quem era a favor da vinda do atleta. A votação durou cerca de três horas, e 65% dos internautas optaram pela opção “Não”, rejeitando Daniel Alves no elenco do Mais Querido. Confira.

Apenas 34% votaram na opção “Sim”, com a ressalva de Daniel abaixar seu salário para no atuar no Flamengo. No São Paulo, o atleta recebe uma das maiores quantias mensais de jogadores no país, cerca de R$ 1,5 milhão.

Créditos de imagem destacada: Divulgação

Compartilhar: