Diego afirma que insatisfação com empate é geral e que o Flamengo irá se classificar

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Após empate de 1×1 com gosto de derrota contra o Santa Fé, pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores, os jogadores conversaram com a imprensa. Segundo Diego, a insatisfação com o resultado é geral. Apesar de continuar em primeiro lugar no grupo, com 5 pontos, o Flamengo perde a oportunidade de disparar na liderança.

Resultado da partida

“Sem dúvidas este não é o resultado que gostaríamos. Pela história do jogo, poderíamos ter conseguido um resultado melhor. Faltou colocar a bola pra dentro, criamos, mas não foi o suficiente. A insatisfação é geral. Faltou ter decidido o jogo ali nos primeiros momentos. A partir do gol de empate eles melhoraram, o jogo ficou mais duro e não conseguimos finalizar.” disse Diego, após a partida.

O zagueiro Juan afirmou na saída do gramado que o time conseguiu criar bastante, mas pecou nas finalizações, perdendo gols que fizeram falta no final. Já Renê disse que não adianta lamentar pelo resultado, agora é acertar os erros para o próximo jogo. Quando questionado sobre uma possível falta de liderança, o lateral declarou:

“Acredito que não, nosso time tem uma liderança muito boa. Tem os dois ‘Diegos’, o Juan, o Réver.. Às vezes vocês não escutam, mas ele está sempre falando, nos motivando.”

Na entrevista coletiva, Barbieri falou sobre saída de Dourado para entrada de Lincoln. Segundo o técnico interino, foi uma tentativa de ajustar o posicionamento para que a bola chegasse com mais facilidade pelo meio, pois Dourado estava com mais dificuldade por não ter tanta mobilidade. Afirmou ainda que apesar da idade, Lincoln tem muita técnica.

O técnico disse que depois do gol, o Santa Fé recuou mais ainda. No primeiro tempo, os volantes estavam saindo pra fazer pressão, mas no segundo tempo eles também recuaram, diminuindo espaços, o que gerou dificuldades para o Flamengo fazer jogadas pelo meio e não conseguiu a efetividade que precisava.

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Faltou torcida? Faltou vontade?

Diego foi questionado sobre a falta da torcida na partida, e sobre questionamentos que a mesma faz sobre a falta de vontade e raça dos jogadores em campo.

“A torcida sempre faz falta. A falta do torcedor é um ponto negativo, mas eles fizeram a parte deles no treino ontem.” afirmou Diego. “Não temos que dizer, temos que fazer. Os torcedores tem o direito de falar tudo. O resultado tem que acontecer, e quando não acontece, tem essa desconfiança. Eu continuo acreditando nessa equipe e seguiremos buscando a vitória.” completou.

Histórico do Flamengo na Libertadores

Sobre o recente histórico nada animador da equipe na Libertadores, Diego afirmou que todos estão insatisfeitos, e que serão fortes para ir em busca da vitória na próxima partida.

“Apesar dos resultados, ainda temos que melhorar nas partidas fora de casa, o que na Libertadores passada nos faltou. Já jogar em casa, do lado do nosso torcedor é melhor e precisamos aproveitar quando tivermos essa oportunidade. Temos mais três jogos e temos certeza que vamos nos classificar.” completou o camisa 10.

O lateral Rodinei também falou sobre o tipo de jogo da Competição:

“A gente sabe que o jogo da Libertadores é totalmente truncado, diferente do Brasileiro e Carioca. Não dá para ganhar todos os jogos, mas vamos vencer na vontade. Com o apoio da nossa torcida, vamos ganhar lá na Colômbia.” disse.

Próximo confronto

“Não é achar que está tudo errado por causa do empate. Vamos ver o que o professor tem para passar, pensar no América e depois no Santa Fé” declarou Rodinei.

O próximo confronto do Flamengo pela Conmebol Libertadores é contra o mesmo Santa Fé, na próxima quarta-feira (25) em Bogotá. Já pelo Campeonato Brasileiro, o Mais-Querido enfrentará o América-MG no próximo sábado (21) às 19h no Maracanã.

Créditos da imagem destacada: Mauro Pimentel/AFP

Notícias do Flamengo

Blogs