Diego Alves aceita proposta do Flamengo, mas clube irá rever valores

Indefinição entre goleiro e o clube continua; Diego Alves aceita proposta, mas boa fase de Neneca faz diretoria repensar nos valores

Contratado em 2017, chegou ao Flamengo com a pompa de pegador de pênaltis, por defender cobranças de craques como Messi, Cristiano Ronaldo e Griezmann. Se tornou ídolo após as sucessivas conquistas de títulos sob a tutela de Jorge Jesus. Mas há o risco dele não permanecer no clube para a próxima temporada.

Após recusa, Diego Alves aceita proposta do Flamengo; clube vai repensar nos valores

Com a ascensão de Hugo Souza, o Neneca, goleiro criado na base do Flamengo, muitos se perguntam se Diego Alves deveria voltar a titularidade do gol rubro-negro. Por ter se valorizado com a excelente temporada vivida em 2019, o atleta de 35 anos pediu um aumento salarial. A alta cúpula do Mais Querido entendeu que a requisição foi exagerada, e as negociações travaram.

Uma contra proposta foi feita pela diretoria, que foi analisada por Diego Alves e seu estafe. Após analisar a oferta como positiva, o arqueiro resolveu sinalizar que aceitaria renovar pelos termos colocados na mesa. Entretanto, as excelentes atuações de Neneca fizeram com que o departamento financeiro do clube resolvesse repensar nos números oferecidos.

Em informação trazida pela repórter Isabelle Costa, do canal “Paparazzo Rubro-Negro”, a expectativa é de acerto entre as duas partes, apesar de toda a lentidão na conversa para fechamento do acordo. Além de Diego Alves e Neneca, Domenec Torrent conta com César e Gabriel Batista como opções para o gol. Ambos não despertam a confiança da torcida flamenguista.

Trajetória com percurso de uma montanha-russa

- Advertisement -

O goleiro já viveu altos e baixos vestindo o manto sagrado. Em 2018, passou pelo seu pior ano no Mais Querido. No início do Campeonato Brasileiro, em meio a uma má fase vivida pelo time, jogou um copo de café na direção da torcida que protestava na chegada da delegação rubro-negra em Fortaleza. Na ocasião, o Fla se preparava para enfrentar o Ceará.

Além disso, falhas contra o próprio Ceará, no returno do Brasileirão, e diante do Corinthians, em partida que marcou a eliminação rubro-negra da Copa do Brasil, deixaram o goleiro em desgraça. No entanto, a recuperação veio com juros e correção monetária em 2019. Com a chegada de Jorge Jesus, Diego aumentou seu rendimento e foi destaque em um ano mágico para a nação rubro-negra

Porém, 2020 voltou a representar um momento conturbado para o arqueiro. Enfrentando Covid e lesões, ficou inativo por uma vasta sequência de jogos. 30 de agosto foi a última vez que Diego Alves entrou em campo. Naquela partida, inclusive, vinha mostrando um excelente desempenho, até sentir uma lesão no ombro e precisar ser substituído por César.

Diego Alves, em sua última partida em 2020, contra o Santos, antes de enfrentar Covid e lesões.

Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal/Flamengo

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here