Veja as notas e análises da importante vitória de um Flamengo sem brilhantismo sobre o Vasco da Gama em São Januário

Notas atribuídas por torcedores da comunidade MRN – Pensar Flamengo

Leia as análises individuais e notas dos jogadores concedidas pelo time de colaboradores do MRN:

Neneca: Ainda um pouco nervoso nas jogadas com os pés, apesar de não ter complicado hoje. Não apareceu muito no jogo, o gol do Vasco não teve culpa nenhuma e as poucas vezes que a bola foi em direção ao gol rubro negro deu conta do recado. Nota 6,0.
Por Welson Alves – Twitter: @welson_fla

Matheusinho: No primeiro gol adversário se juntou ao erro coletivo e, ao invés de acompanhar o Thalles Magno, foi fechar a frente da área onde já tinham outros jogadores. Além disso, não apoiou o ataque e acabou deixando o Gerson jogar isolado na ponta. No segundo tempo ainda arriscou umas subidas, porém jogou mais defensivamente mesmo, até por ser uma área em que o time adversário explorava bastante, passou uns apertos mas deu “conta do recado”. Nota: 4,5.
Por: Verônica Coutinho – Twitter @Vevecoutinho

Gustavo Henrique: A dupla com Leo Pereira não passou a mesma confiança de quando a zaga estava ocupada pelos garotos. Deu alguns chutões na saída de bola, mas no geral não comprometeu. No final do jogo cedeu um escanteio num erro ridículo. Nota: 6,0.
Por Vitor Mathura – Twitter: @v_mathura

Leo Pereira: Ao contrário de muitos torcedores, hoje fez um partida razoável, ainda muito lento fisicamente. Apesar do erro geral defensivo no gol adversário, hoje, foi mais seguro nas saídas de bola. Nota: 6,0.
Por Sérgio Ribeiro – Twitter: @sergioribeiro04

Filipe Luís: Partida muito abaixo das últimas. Não conseguiu construir derivando pelo meio como nos últimos jogos. Foi driblado com facilidade pelo jovem lateral Caio Tenório no lance de gol dos caras. Definitivamente não foi um lateral confiável na jornada deste sábado em São Januário. Nota: 4,0.
Diogo Almeida – Twitter: @DidaZico

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

Arão: Outra partida horrorosa do Arão, mais uma atuação displicente, cansada, confusa, sem disposição nenhuma. Jogador caiu muito de produção, com os jogadores que estão convocados de volta certamente vai para a reserva. Hoje o Vasco criou muito na entrada da área por erro de posicionamento dele, preocupante. Nota: 2,0.
Por Marcio Marcondes – Twitter: @mjmarcondes

Thiago Maia: Dá suporte na defesa, apoia o ataque, gira a bola e dá dinâmica. Ainda achou um passe primoroso para nossa virada. Nota: 7,0.
Por Ricardo Bitencourt – Instagram: @drbitenco

Gerson: Sem movimentação dele e do time foi presa fácil para os marcadores adversários. Quando deslocado para o meio-campo, distribuiu um pouco melhor as jogadas, ajudando a manter a bola na frente, ainda assim errou muitos passes. Nota 4.0.
Vitinho: Entrou pra segurar a bola na frente, e além de não ter conseguido isso ainda levou um cartão amarelo. Nota 1.0.
Por Marcelo Batista – Twitter: @Antifa_crf

Diego: Errou muitas decisões e passes simples no meio campo, interferindo muito na posse de bola da equipe. Além disso, mais uma vez terminou a partida amarelado, atrapalhando a defesa Rubro-Negra. Deu uma assistência no 1⁰ gol do Flamengo e só, sendo mais uma vez inconstante. Nota: 3,0.
Michael: Pouco acrescentou tecnicamente, correria com muitos erros em lances de contra-ataque que poderiam matar a partida. Nota: 1,0.
Por Ighor Lopes – Twitter: @ighorlps

Bruno Henrique: O nosso querido BH começou o jogo entregando a bola pro adversário construir a jogada do gol deles. Depois passou a partida inteira dando passe pra trás, errando outros, cortando a bola da esquerda para o meio sem achar o que fazer com ela depois, mas bastou um lance em que ele se movimentou, recebeu um belíssimo passe de Thiago Maia nas costas da zaga e de cara para o goleiro, para baixar o próprio Romario no atacante rubro-negro: um domínio de bola na ponta da chuteira, um corte deixando o goleiro na saudade e a finalização no cantinho, sem chances para os dois jogadores do Vasco dentro do gol. Tornando-se assim o homem do gol da virada é mais uma vez deixando sua marca num clássico. Depois ele voltou a fazer tudo errado novamente. Nota: 6,5.
Lincoln: Entrou aos 49 minutos do segundo tempo. Sem nota.
Por Edson Lira – Twitter: @Edsonjslira

Pedro: Não acrescentou nada durante toda a partida, mais por conta da falta de criatividade do time, do que por ele mesmo. E as poucas vezes em que colocou o pé na bola fez as escolhas erradas. Nota: 3,0.
Por Caroline Menezes – Twitter kaka_menezes07

Dome: Infelizmente já entrou no jogo com uma escolha totalmente equivocada ao barrar o Nathan e colocar o Léo Pereira (mesmo marcando um gol), não faz sentido barrar um jogador que vinha muito bem dos jogos anteriores. Nas substituições foi um pouco infeliz também, pois insistiu no Vitinho e Michael que, infelizmente, destoam negativamente de todo time. Tem opções da base que corresponderam, mas não utiliza-os. Nota: 4.0.
Por: Verônica Coutinho – Twitter @Vevecoutinho

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Se você também acredita, clique aqui e torne-se apoiador do MRN.

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Marcelo Cortes / Flamengo