”Doa a quem doer, esse time vai jogar”, diz trecho de carta feita pela Raça

Torcida organizada do Flamengo, Raça Rubro-Negra protesta nas redes sociais após eliminação

Uma das maiores torcidas organizadas do Flamengo, a Raça Rubro-Negra publicou uma carta aberta em suas redes sociais, cobrando diretoria, jogadores e comissão técnica. Na mensagem, os trechos: ”Doa a quem doer, esse time vai jogar” e ”Se ainda não entenderam, faremos entender”, chamaram a atenção.

Foto: Reprodução

O jogo

Escalações:

São Paulo: Thiago Volpi; Juanfran, Diego Costa, Bruno Alves e Reinaldo; Luan, Dani Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Luciano e Brenner.

- Advertisement -

Flamengo: Diego Alves; Matheuzinho, Matheus Thuler, Léo Pereira e Renê; Willian Arão, Gerson e Arrascaeta; Michael, Vitinho e Bruno Henrique.

Nos primeiros 10 minutos, o Flamengo manteve a posse de bola e controlou o jogo, porém sem criar nenhuma grande chance de gol. Aos 21, Luciano chegou a marcar para o São Paulo, porém o bandeira assinalou o impedimento. A melhor chance do Fla foi aos 40, após um cruzamento na área de Arrascaeta, Willian Arão cabeceou e levou perigo à meta de Volpi.

Para a etapa complementar, Everton Ribeiro foi o escolhido por Ceni para entrar no lugar de Michael. Mas logo no início do segundo tempo, como no Maracanã, o São Paulo abriu o placar com menos de um minuto com Luciano. Poucos minutos depois, outro cruzamento na área e Luciano ampliou. O Flamengo teve um pênalti a seu favor aos 19, Vitinho bateu e isolou. Logo após a batida, Pepê entrou no lugar de Thuler. A última cartada do Ceni foi tirar Vitinho, Bruno Henrique e Arrascaeta para promover as entradas de Lázaro, Lincoln e Pedro Rocha. Mas ainda seu tempo do São Paulo ampliar com Pablo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here