Técnico rubro-negro diz que poupou Natan para prevenir lesão e elogia personalidade da equipe

MRN Informação | Thiago Porto – Twitter: @ThiagoPortin

Mais uma vez, o Flamengo evoluiu no segundo tempo e venceu a partida com gols na etapa final. Pela 15ª rodada do Brasileirão, o Flamengo derrotou o Vasco em São Januário, ampliando a invencibilidade contra o rival para 16 jogos. Em coletiva após a partida, Domenéc Torrent foi perguntado novamente sobre o motivo do time render mais na segunda etapa. Ele atribuiu isso ao fato das correções que tem sido feitas no vestiário, de acordo com o que acontece nos jogos.

Questionado também sobre a escalação de Léo Pereira no lugar de Natan, que vem fazendo ótimas partidas, o técnico espanhol explicou que foi por precaução, pois recebeu a informação que tanto ele como o centroavante Pedro estavam desgastados e poderiam sofrer uma lesão.

Dome elogiou, mais uma vez, a atuação de Gerson, defendeu Michael, que não entrou bem no jogo, exaltou a personalidade do time rubro-negro e destacou a importância de vencer um clássico.

Confira os principais trechos da coletiva:

Crescimento do time no segundo tempo

Nós técnicos estamos aqui para isso. Quando temos problemas, ou não joga muito bem, trocamos algumas coisas. Fizemos isso novamente, porque estávamos jogando com os laterais e os extremos na mesma linha, quando perde a bola temos muito problemas, especialmente no lado direito. Mas nós jogamos bola, normalmente a gente quer jogar a bola, rasteira, tocamos e tocamos, no segundo tempo, normalmente o adversário está mais cansado e no vestiário você tem mais informações. Talvez eles (Vasco) jogaram um pouco diferente do que estávamos preparando. Acho que cometemos erros quando jogavam na mesma linha o lateral e o ponta, especialmente pelo lado direito. Não tem linha de passe porque estão na mesma linha. Quando você joga em diferentes linhas, pode jogar muito melhor. Falamos isso e falamos que tínhamos que jogar mais rápido. Neste gramado, que estava muito lento, o melhor era tocar a bola. Neste gramado, quando você conduz a bola, tudo vai mais lento. Isso trocamos no intervalo.

Troca de Natan por Léo Pereira

Muito simples. Temos muitas informações sobre este atleta. Por precaução, falo muito com o departamento médico, e sabíamos que dois jogadores, Pedro e Natan, estavam muito cansados. Todos querem jogar, mas tínhamos informação de que poderia haver risco de lesão. Jogou Léo (Pereira) e marcou o gol. Foi por precaução. Temos em 12 dias cinco jogos. Temos que estar muito cuidadosos com os atletas. Natan foi maravilhoso, mas Léo também jogou muito bem hoje.

Importância de Gerson para a equipe

Jogou na ponta direita e atrás do atacante. Significa que temos um jogador muito completo. Quando precisa que jogue de volante, joga bem. Contra o Barcelona, foi ponta esquerda, jogou bem. É maravilhoso. Mas acho que temos mais jogadores que podem fazer o mesmo.

Atuação ruim de Michael

Temos que ter paciência com todos. Não é fácil jogar 20 minutos e jogar bem. O ritmo é outro. Temos que defender todos, não só Michael. Estamos jogando num ritmo muito alto. Todos querem que os que estão no banco joguem melhor. Talvez pudesse finalizar melhor, mas isso acontece quando você joga os últimos minutos com um ritmo muito alto. Quando o Michael entrou em outro jogo, foi muito bem. Estamos contentes com todos que jogaram e com os que apoiaram no banco. Não se trata de Michael, de Pedro, Vitinho, Léo… Trata-se do time. Quanto mais falem dos jogadores, mais vamos defendê-los.

Mudanças no intervalo

Futebol é 11 contra 11, não é 11 contra zero. Se temos mais a bola, normalmente no segundo tempo eles estão mais cansados, e temos mais informações. Assistimos a muitos jogos para preparar o jogo, mas quando enfrentam o Flamengo jogam diferente. Quando você tem informação no intervalo, pode trocar coisas. O Flamengo não joga sozinho. O futebol está muito equilibrado no mundo. Os times estão muito bem preparados. No intervalo temos mais informação e tenho muito mais claro como está jogando o adversário e o que trocamos.

Time próximo do Padrão Dome?

Estamos mais próximos. Acho que os jogadores estão mais confortáveis, jogam automaticamente. Muitas vezes o Thiago Maia estava de lateral-esquerdo e o Filipe por dentro, isso trabalhamos no treino. Jogar posicional não significa ficar na mesma posição. Você pode trocar a posição, mas precisamos de jogadores sempre numa mesma posição, porque você pode jogar mais rapidamente. Na minha opinião, se todo mundo está se movendo, você não encontra. Quanto mais se move, a bola não encontra você. Se você não se move, a bola te encontra rapidamente. Esse é o meu estilo.

Sombras para Éverton Ribeiro e Arrascaeta?

Agora estamos focado no elenco que temos. O que temos que falar, falarei com Bruno e Marcos Braz sobre isso. Mas temos jogadores muito importantes na base que podem jogar nestas posições. Não vamos contratar um jogador se não é muito melhor do que o que nós temos.

Personalidade do time

Estamos muito felizes, porque viramos o resultado com personalidade. Quando você está perdendo, normalmente tenta jogar a bola mais longa ou muito direto. Mas nosso estilo é jogar rasteiro e ter personalidade Por isso estamos muito contentes, porque jogamos no estilo que queremos jogar e viramos o resultado. Não é fácil. Estes jogadores têm muita personalidade, por isso ganharam tanto ano passado. Estamos jogando um pouco diferente. Você pode empatar ou vencer, mas o mais importante é jogar com personalidade, é importante porque o time vai melhorando pouco a pouco.

Ausência de Rodrigo Caio

Não vamos falar dos jogadores que não estão aqui. O importante são os jogadores que ficam aqui. Acho que tivemos problemas do lado direito, mas no jogo todo. Claro que temos que melhorar. Acho que o Rodrigo é um jogador fantástico para nós, mas Gustavo teve dois jogos maravilhosos. Natan também, Léo também. Todos estão prontos para ajudar o time, mas todo mundo sabe que o Rodrigo é muito importante para nós. Defensivamente, hoje, tivemos problemas. Eu aceito isso. Eles atacavam muito melhor pelo lado direito. Mas não é porque está Rodrigo, Isla… Para mim, o importante é o time. O time está muito focado. No intervalo tivemos problemas para ganhar o jogo e finalmente acabamos vencendo.

Vitória em clássico

Isso é importante para os torcedores, porque o clássico é muito importante para eles. Sei que são três pontos na classificação, mas muito especiais para a Nação. É para eles também, porque sei que é um jogo muito distinto para os torcedores.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp


*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Alexandre Vidal / Flamengo