Compartilhar:

Júlio César, Leandro; Aldair; Mozer, Júnior, Andrade, Adílio, Zico, Gabigol, Romário e Bruno Henrique. Técnico: Jorge Jesus. Estes foram os jogadores, posição por posição, e também o treinador, mais votados em uma enquete feita no nosso grupo de Whatsapp “MRN – Pensar Flamengo”. A pergunta é clássica: escale o melhor time do Flamengo de todos os tempos.

As respostas foram organizadas pelo Ivo Junior, que foi quem teve a ideia e contabilizou todos votos (você é o cara, Ivo!). Além do timaço com os mais votados acima, veja quem não deixou de ser citado pelos membros do nosso grupo:

Goleiros

Raul
Yustrich
Zé Carlos

Laterais-direitos

Leandro
Rafinha

Zagueiros

Domingos da Guia
Juan
Reyes
Rondinelli
Rodrigo Caio
Pablo Marí
Aldair
Rodrigo Caio
Gamarra
Mozer
Angelim

Laterais-esquerdos

Júnior
Leonardo
Athirson
Jordan

Meio-campistas (volantes, armadores e meia-atacantes)

Cuéllar
Carpegiani
Geraldo
Carlinhos
Dida
Andrade
Gérson
Zizinho
Renato Abreu
Everton Ribeiro
Adílio
Felipe
Arrascaeta
Petkovic

Atacantes (meia-atacantes, pontas e centroavantes)

Pirillo
Leônidas
Tita
Doval
Adriano Imperador
Nunes
Júlio César (Uri Geller)
Renato Gaúcho
Sávio

Técnico

Claudio Coutinho
Freitas Solich

Sentiu falta de algum ídolo? Quais seriam seus nomes? Responda nos comentários e compartilhe essa matéria nas suas redes sociais.

Também estamos curiosos para saber sobre os os ídolos que a galera viu jogar. Essa pesquisa está sendo feita através deste formulário e tem como objetivo final correlacionar a idolatria dos torcedores participantes com a idade. Sempre bom alertar que as pesquisas não têm rigor estatístico, elas são apenas muito legais para vocês que participam e nós que escrevemos!

Recado importante (continue depois de ler com atenção)

Em tempos de pandemia e quarentena, o melhor a fazer, além de se informar sobre a pandemia para podermos sairmos bem dessa, é conversar sobre o Flamengo. Vamos fazer o possível para manter a comunidade MRN unida e motivada para encarar a batalha contra o novo coronavírus e mais o tédio de um mundo sem Flamengo jogando nas tardes de domingo.

Venha fazer parte da nossa comunidade Pensar Flamengo no Whatsapp, a mesmo que ajudou a formular esse conteúdo. Não precisa pagar nada, apenas respeitar as regras e ser gente boa. Preencha seus dados aqui e enviaremos seu convite. Seja muito bem-vindo! 😉

Falar em manter a comunidade unida também significa trabalhar para manter o projeto. Apenas com as propagandas do site não conseguimos pagar a criatividade e o tempo dos nossos colaboradores. Para o MRN continuar elevando a cultura, a história e as conquistas do Flamengo pedimos um apoio de R$ 5. Ajude o site a se manter em tempos difíceis: sua contribuição é muito importante. Clique aqui para saber mais da nossa campanha no catarse .

Que time é esse!?!

Goleiro: Júlio César
Lateral-direito: Leandro
Zagueiro Central: Mozer
Quarto-zagueiro: Aldair
Lateral-esquerdo: Júnior
Volante: Andrade
Armador: Adílio
Armador, meia, atacante, ponta, capitão e deus rubro-negro: Zico
Atacante pela direita: Gabigol
Centroavante: Romário
Atacante pela esquerda: Bruno Henrique.
Técnico: Jorge Jesus.

O eleito Jorge Jesus, assim como os lembrados Coutinho e Solich, iam brincar de fazer jogar bola este time aí ó 👆. Atrevimento dizer que este escrete é comparável a todas as seleções brasileiras campeãs do mundo? Outra curiosidade é que nenhum jogador estrangeiro foi finalista. Por falar em estrangeiros, dois dos três professores lembrados pelos votantes são gringos.

Os monstros sagrados fazedores de gols podem trocar de lado — até Romário pode recuar um pouco virando falso meia e também pivotar. Assim, abrirá espaço para Zico, Adílio e os “pontas” Gabigol e BH27 fecharem na pequena área. Armadilhas, combinações e tramas de um ataque goleador. Se muito já foi falado sobre eles, nos diga em uma palavra o que é Zico. Nossa mente imagina um futessonho com esses caras juntos. Um sonhobol impossível de ser realizado porque a maldita ciência não inventou ainda a máquina do tempo. Tudo, ela anda muito ocupada ultimamente salvando a humanidade.

Os craques da retaguarda também podem movimentar-se neste carrossel vermelho e preto: Aldair e Mozer são destros que passaram a maior parte da carreira atuando pela esquerda. E quem diz que os dois não formariam uma dupla completa, tirando o lado no cara-e-coroa? E se por um vacilo improvável da zaga, algum rival metido a besta ousar chutar contra nossa meta o eleito melhor goleiro do mundo estará atento por lá para evitar o tento. Júlio César é cria, assim como todos, menos Romário, Gabriel e Bruno Henrique.

Os ídolos da lateral possuem vários superpoderes. Junior e Leandro têm o dom da categoria mais fina que o futebol brasileiro já viu entre jogadores da mesma posição. Também possuem uma certa invisibilidade nos botes. Ninguém esquece dos domínios de bola fantásticos. As corridas de uma área a outra provam apenas que seus DNA’s foram modificados em laboratória, haja visto serem velocistas e fundistas ao mesmo tempo.

Andrade não precisa se preocupar. Seus companheiros serão solidários, ocuparão espaços, farão pressão na saída do adversário. Ele não se desgastará ao longo do jogo. Por isso o veremos invadir a área como homem surpresa, tantas vezes soltar o canhão como no 6×0 da vingança, e, já nos acréscimos tabelar com calma no meio para esperar o apito final.

Agora vamos rever os craques em ação?

Júlio César

Leandro

Mozer

Aldair

Junior

Andrade

Adílio

Zico

Bruno Henrique

Gabigol

Romário

Compartilhar: