Empresário justifica insucesso de Gabigol na Europa: “Causou ciúme”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação | Paulo Oliveira — Nesta quinta-feira (08), o empresário de Gabriel Barbosa, Wagner Ribeiro, concedeu uma entrevista ao portal UOL, onde falou sobre a carreira de seu cliente e sobre a passagem sem brilho do camisa nove pela Europa.

Como já é de costume, Wagner não se escondeu de polêmicas. O empresário afirmou que o principal motivo para Gabigol não ter deslanchado na Europa, foi o ciúme que rondou sua chegada até a Inter de Milão.

  Como o Gabigol poderia dar certo, se não jogou? Ele chegou à Inter, e fizeram uma festa enorme. Uma festa muito maior que a do Kaká. Isso causou ciúme no Zanetti, que era diretor do clube, e no Icardi, que era dono do time. Isso é dedução minha, mas os dois argentinos ficaram com ciúme dele  afirmou Wagner.

O empresário usou a falta de oportunidades que o centroavante recebeu para justificar o seu insucesso no Benfica. Além disso, usou a trajetória de Gabigol no Brasil como referência.

  Foi para Portugal, e também não era escalado. Voltou para o Santos e foi artilheiro do Brasileirão, repetiu a dose no Flamengo  completou Wagner.

No final de 2018, Gabriel chegou a comentar sobre sua trajetória no velho continente e admitiu que deixou a desejar.

  Passagem não foi como eu esperava. Não tive muitas oportunidades. Não é um momento bom de passar. Todo jogador quer jogar, se divertir, estar feliz dentro e fora de campo. Sempre me dediquei muito como fiz no Santos, treinei bastante. Dificuldade sempre teve  declarou o jogador.

Somando as passagens por Benfica e Inter de Milão, Gabriel atuou em apenas 332 minutos e marcou dois gols.

Sucesso no Flamengo

Gabigol chegou ao Flamengo em 2019 e, rapidamente, caiu nas graças da torcida. Desde sua chegada, o atacante foi fundamental nas conquistas da Libertadores, SuperCopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e de dois Campeonatos Brasileiros.

Recentemente, o camisa nove atingiu a marca de 73 gols pelo clube carioca e, dessa forma, se tornou o maior artilheiro do Flamengo no século XXI ao lado de Renato Abreu.

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro. Clique aqui e seja apoiador.

Notícias do Flamengo

Blogs