Compartilhar:

Gabrielle Gomes, colaboradora especial do MRN no Encontro de Embaixadas do Nordeste 2019

Evento contou com a presença de flamenguistas dos noves estados da região.

Um movimento nacional que gera multidão em aeroportos, estádios e faz explodir a paixão do torcedor. Não se pode negar que a torcida do Flamengo é grandiosa aqui no Nordeste e que emociona e encanta muita gente.

Tanto encanta, que fez com que torcedores rubro-negros criassem embaixadas e consulados para servir e apoiar o clube.

No último domingo (04), o Kantarerê ficou pequeno para a torcida do Flamengo. Flamenguistas dos noves estados vieram prestigiar o 12º Encontro das Embaixadas e Consulados do Nordeste, organizado pelo FlaBahia, e a maior edição de todos os já realizados.

Torcedor assíduo do Mais Querido, Marcelo Moita é jornalista e deficiente visual. Ele afirma que o evento foi bem organizado e inclusivo.

“Digo sempre: para ser Flamengo não precisa enxergar. Basta sentir. Agradeço a todos da FlaBahia, mesmo com o Mengão não ajudando em campo, vocês me proporcionaram uma tarde linda de domingo!”, conta Marcelo.

Marcelo Moita marcando presença no Encontro. Foto: Gabrielle Gomes / MRN.

O evento começou às 8h e durou até um pouco antes do jogo do clube contra o Bahia, na Arena Fonte Nova. O espaço em Pituacu contou com cerca de 2500 apaixonados pelo Clube de Regatas do Flamengo e arrecadou três toneladas de alimentos, que foram doados para as instituições Lar Santo Expedito, Lar Vida, NACCI e Casa de Repouso Bom Jesus, em Salvador. Representantes pegaram os alimentos ao fim da festa.

Encontro de Embaixadas e Consulados do Nordeste arrecada quase três toneladas de alimentos para instituições de caridade. Foto: Gabrielle Gomes / MRN

Além de atração musical, a festa contou com a exposição de troféus do clube carioca, sorteio, loja Espaço Rubro-Negro, stand da BS2 e a presença dos dirigentes, como Maurício Gomes, vice presidente de embaixadas e consulados, e Marcos Braz, vice presidente de futebol do Flamengo.

Segundo Vinícius Araújo, um dos diretores da Embaixada FlaBahia, o evento foi o maior do Nordeste. “É um orgulho poder mostrar para o Brasil a força do nosso time e da nossa torcida. Esse ano só teremos esse jogo em Salvador, então esse é o momento de confraternizar, de receber o nosso time aqui no Estado. Gostaria de agradecer ao Flamengo pelo apoio e aos parceiros. Será uma linda festa”, garantiu.

Maurício Gomes de Mattos, vice presidente de embaixadas e consulados, afirma que o evento é o maior depois da festa de aniversário do Clube, que é comemorado com um encontro das embaixadas do país.

“A torcida do Flamengo faz a diferença. É o nosso pulmão. Tudo pelo Flamengo e nada do Flamengo”, afirma.

O MRN depende do apoio de leitores como você para continuar fazendo uma cobertura criativa, propositiva e ética do Clube de Regatas do Flamengo. ➡ Junte-se a nós

Compartilhar: