Com 1º quarto soberano, Flamengo vence Caballos de Coclé e garante a vaga na semi da Champions

MRN Informação | Rafael Sacharny — O Flamengo fez uma boa estreia no Final 8 da Champions League Américas, neste sábado, 10, no Polideportivo Alexis Argüello, em Manágua. O Rubro-Negro enfrentou o Ceballos de Coclé, do Panamá, pelas quartas de final e venceu por 74 a 59. Com 28 pontos somados entre Luke Martinez e Marquinhos, o time carioca teve o domínio do jogo e agora está entre os quatro melhores da competição.

Na próxima partida, pelas semifinais, o Flamengo enfrentará o São Paulo. O rival já conhecido do NBB é um dos times que conseguiu bater o Rubro-Negro nesta temporada. Além disso, os dois disputaram a final do Super 8, quando o Tricolor ficou com o vice-campeonato. As equipes se reencontram neste domingo, 11, a partir das 19h30, para brigar por uma vaga na grande decisão da BCLA.

O jogo

1º quarto – Flamengo 21 x 8 Caballos de Coclé 

O técnico Gustavo de Conti escalou o quinteto titular com: Yago, Luke Martinez, Marquinhos, Leo Demétrio e Rafael Hetthseimeir. Nos primeiros lances do jogo, o Flamengo começou melhor, fazendo uma boa defesa e abrindo com a corrida de 7 a 0. Depois de sofrer dois pontos, o Rubro-Negro teve Marquinhos e Martinez para abrir dez de vantagem. O domínio foi grande, com alta intensidade, e o time da Gávea saiu com a vitória por 21 a 8 na parcial.

- Advertisement -

2º quarto – Flamengo 14 x 18 Caballos de Coclé

Já no período seguinte, o Caballos abriu o placar primeiro, com o pivô Parker. Na sequência, Mineiro fez uma enterrada e Leo Demétrio sofreu uma falta antidesportiva. Dessa forma, o Flamengo assumiu a liderança na parcial e não deixou o ritmo baixar. Nos minutos finais, Yago acertou de dentro do garrafão e colocou a vantagem em 12 pontos, com 30 a 18. Só que o Caballos conseguiu duas cestas de dois, diminuiu a distância para oito e Gustavo pediu um tempo. Na volta, o Rubro-Negro ainda oscilou, mas Jhonatan completou a jogada trabalhada com uma bola pra três e deu mais tranquilidade. Assim sendo, o placar foi para o intervalo marcando 35 a 26.

Marquinhos anotou 14 pontos e como resultado foi o cestinha do jogo, junto com Luke Martinez

Bolas de três para matar o jogo

3º quarto – Flamengo 18 x 16 Caballos de Coclé

Com um retorno sonolento, o Flamengo sofreu cinco pontos logo no começo e viu a vantagem cair para quatro pontos. Contudo, Marquinhos chamou a responsabilidade e com dois lances livres e uma bola de três empatou a parcial. Jhonatan, com um bom aproveitamento do perímetro, colocou a diferença em dez pontos para o Mengão, com 43 a 33. Mais concentrado, Leo Demétrio cravou mais uma, abriu doze de vantagem e assim o tempo foi pedido. No fim, o Flamengo se consolidou de novo na defesa e teve o controle das ações. Com Rafael Hetthseimeir, a vantagem chegou a ficar em 17 pontos, mas a partida foi para o último quarto com 53 a 42 no placar.

4º quarto – Flamengo 21 x 17 Caballos de Coclé

No período derradeiro, o Caballos abriu de novo o placar, mas na sequência o mexicano Luke Martinez acertou a terceira bola de três dele na partida. A fim de melhorar o aproveitamento do perímetro e aumentar o placar na parcial, Rafael Mineiro e Yago também acertaram para o Rubro-Negro. De maneira impressionante, Mineiro foi certeiro em mais uma de três e o Mais Querido abriu 20 pontos. Com pouco tempo no cronômetro, o Flamengo administrou sua vantagem e garantiu a vaga vencendo também a última parcial e fechando o placar em 74 a 59.

Destaques do Flamengo

  • Marquinhos – 14 pontos
  • Luke Martinez – 14 pontos
  • Rafael Mineiro – 12 pontos
  • Léo Demétrio – 9 pontos
  • Rafael Hettsheimeir – 9 pontos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here