Flamengo domina o Mogi na volta ao Maracanãzinho e vence a 12ª seguida

Rafael Sacharny
Jornalista carioca formado pela FACHA, 25 anos e pós-graduado em Jornalismo Esportivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MRN Informação – Rafael Sacharny — No retorno ao Maracanãzinho pelo NBB, o Flamengo conquistou a 12ª vitória consecutiva na competição. Nesta terça-feira, 16, o time rubro-negro enfrentou o Mogi e com a eficiência altíssima venceu por 89 a 74.

O Mais Querido segue como o primeiro colocado da fase de classificação, agora com 25 vitórias e duas derrotas. Na próxima partida, o líder enfrenta o Corinthians, na quinta-feira, 18. Igualmente no Maracanãzinho, a bola sobe a partir das 20h. O confronto marca o reencontro com o time paulista, que foi o responsável pela última derrota do Rubro-Negro no NBB, ainda no ano passado.

O Jogo

O jogo começou bastante movimentado e com os dois times sendo eficientes. Só que depois de um início equilibrado, o Flamengo acabou bem superior. Marquinhos, com 100% de aproveitamento, fez sete pontos e finalizou o quarto como o cestinha. Sem erros e marcando bem, principalmente na segunda metade do período, o Rubro-Negro mostrou suas qualidades e força coletiva com sua rotação. O volume de arremessos foi alto e assim sendo, venceu a primeira parcial – 23 a 14.

No período seguinte, o time da Gávea continuou atento na marcação e além disso praticou de novo um ritmo forte no ataque. Em transição, Yago, Chuzito e Martinez davam muita velocidade enquanto Olivinha, Hettsheimeir e Demétrio a consistência na defesa. Nos dez minutos, Demétrio (5/5) e Chuzito (8/19) foram os destaques em pontuação. Já o time paulista esteve muito abaixo de sua média em aproveitamento e também não conseguiu pegar muitos rebotes, sendo bem inferior na partida. Dessa maneira, o Flamengo chegou a ter 15 pontos de vantagem por duas vezes e venceu o mais um quarto – 46 a 18.

Portanto, o terceiro período começou a boa vantagem para o Flamengo, mas teve um panorama diferente. O Mogi voltou melhor na defesa, foi agressivo e tirou o Rubro-Negro da zona de conforto. Atrás do placar, o time paulista conseguiu equilibrar o número de rebotes e também aumentar seu aproveitamento. Ao mesmo tempo, a eficiência rubro-negra caiu e, por isso, o visitante conseguiu a vitória na parcial (24 a 18).

No quarto final, o Flamengo administrou a posse de bola e aproveitou os espaços cedidos pela defesa do Mogi. Sempre a frente do marcador, o time não permitiu que a reação do adversário fosse adiante e garantiu a vitória vencendo mais uma parcial (25 a 22).

Destaques

Notícias do Flamengo

Blogs