Flamengo vence o São Paulo e é o primeiro finalista da Champions League

MRN Informação | Rafael Sacharny — O Flamengo está de volta à decisão da Champions League Américas. Na noite deste domingo, 11, o Rubro-Negro enfrentou o São Paulo na semifinal e venceu por 75 a 66, no ginásio Polideportivo Alexis Argüello, na Nicarágua. Assim como na vitória sobre o Ceballos de Coclé, o time teve novamente um belo 1º período, dominou a maior parte do jogo e confirmou a vaga na final da BCLA.

O adversário do Flamengo sairá do confronto entre Real Estelí e Minas, que jogam ainda neste domingo. A decisão está marcada para a próxima terça-feira, 13, com transmissão do DAZN.

O jogo

1º quarto – Flamengo 24 x 9 São Paulo

Com apenas uma mudança em relação ao jogo anterior, o técnico Gustavo de Conti iniciou com a seguinte formação: Yago, Luke Martinez, Marquinhos, Leo Demétrio e Rafael Mineiro. Dessa maneira, Marquinhos começou bem no ataque e marcou os cinco primeiros pontos da equipe. Com pouco mais de três minutos, Yago fez mais dois, aumentou a vantagem para o Rubro-Negro, com 9 a 2 no placar, e assim, o técnico Claudio Mortari pediu um tempo.

Na volta, Bennet até diminuiu, mas Yago acertou da zona morta e o Flamengo seguiu na frente, com 12 a 5. Em seguida, Marquinhos também anotou uma bola de três, colocando dez de vantagem. Com um ótimo primeiro quarto, tanto na defesa quanto no ataque, o time da Gávea ainda aumentou a distância com Diego Figueredo e Rafael Mineiro, chegando a 21 a 5 no marcador. Ao fim do período, o time já tinha acumulado cinco bolas de três e, além disso, feito 4/4 arremessos para dois pontos.

2º quarto – Flamengo 13 x 14 São Paulo 

- Advertisement -

Já no início do quarto seguinte, Rafael Hetthseimeir e Leo Demétrio abriram com duas bolas de três e colocaram a vantagem em 21 pontos, com 30 a 9 no placar. Com a baixa intensidade, Mortari pediu de novo um tempo para tentar ajustar sua equipe. No retorno, Georginho apareceu para fazer cinco pontos consecutivos.

Nesse meio tempo, o Rubro-negro baixou seu aproveitamento, cometeu erros e, por isso, Gustavo de Conti também parou a partida. Depois de mais de quatro minutos sem pontuar, o Flamengo teve Demétrio anotando dois pontos e Mineiro na sequência com mais três. No entanto, o São Paulo seguiu tentando uma reação, Shamell acertou do perímetro e a vantagem caiu para 14 pontos. Dessa maneira, o time tricolor ganhou a parcial, mas saiu para o intervalo ainda atrás do placar (37 a 23).

3º quarto – Flamengo 25 x 20 São Paulo 

Dominante no primeiro tempo, o Flamengo voltou para a sequência da partida com boa vantagem para administrar e a mesma formação do quarto inicial. Dessa forma, Marquinhos inaugurou o placar e Yago logo depois fez mais dois pontos. Do lado do São Paulo, Lucas Mariano fez os primeiros pontos da equipe no período.

O ritmo do Rubro-Negro seguiu forte, com movimentos e passes rápidos e o aproveitamento alto. Com um lance livre, Marquinhos chegou a 14 pontos e se estabeleceu como o cestinha do jogo. Na metade do quarto, Mineiro fez mais uma bola de três e o placar marcava 52 a 31 para o Flamengo. No fim, os times trocaram cestas e o Flamengo terminou com a vitória na parcial, indo para os últimos dez minutos com 19 de vantagem, em 62 a 43 no placar.

4º quarto – Flamengo 23 x 13 São Paulo

No início da parcial, o Flamengo diminuiu sua intensidade na marcação e viu o São Paulo baixar a distância anotando 10 a 4 rapidamente. Com isso, Gustavo de Conti logo pediu um tempo restando pouco mais de sete minutos. No retorno, o time rubro-negro seguiu sem pontuar e vantagem foi para onze pontos, com 66 a 55.

Contudo, Yago teve dois lances livres e converteu ambos. Em seguida, Georginho e Bennet apareceram bem e a diferença foi para nove pontos. Depois de uma linda jogada de Martinez, Mineiro fez debaixo da cesta e deu mais tranquilidade, faltando pouco mais de três minutos para o fim. O jogo ficou quente, Yago marcou dois pontos em um momento importante, o placar marcou 72 a 62 para o Flamengo e Mortari pediu um tempo. Com 49 segundos para o fim, Georginho anotou dois e o placar foi para 72 a 66, a menor diferença desde o 1º quarto. Só que depois de uma jogada bem trabalhada, Luke Martinez fez uma linda bola de três e garantiu a vitória rubro-negra – 75 a 66.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here