23 C
Rio de Janeiro
quarta-feira, dezembro 2, 2020

Franco Balbi responde sócios-torcedores na FlaTV

O armador foi o convidado do Happy Hour do Nação, programa da FlaTV que conta com a presença de sócio-torcedores

O armador do Orgulho da Nação foi o último entrevistado do Happy Hour do Nação, programa da FlaTV que tem como objetivo aproximar os sócios-torcedores dos atletas que vestem as cores do clube Assista o vídeo na íntegra (acima) ou no próprio canal da FlaTV no YouTube.

Balbi falou do título do último NBB11 e a classificação emocionante para a final da Champions League Américas, quando o time chegou a estar perdendo por 20 pontos atrás dos argentinos do Instituto de Córdoba, quando conseguiu a improvável virada no Maracanãzinho.

Veja também: FlaBasquete divulga novidades sobre centenário e apresenta elenco para a temporada 2019/2020 na Gávea

E foi justamente a importância da torcida na hora da desvantagem em muitos jogos que incentiva o time, segundo Balbi. No jogo contro o Córdoba, o armador afirmou que a presença de alguns membros da equipe de futebol do Flamengo – Gabigol, Filipe Luís, Jorge Jesus e João de Deus – no Maracanãzinho foi também um auxílio, visto o elo que os jogadores de ambas modalidades apresentam.

Foto: Divulgação / Flamengo

Além dos títulos e momentos de glória, outros assuntos foram abordados, como a dificuldade de transição no início da passagem pelo FlaBasquete, visto a diferença entre o estilo do esporte praticado no Brasil e na Argentina, país de origem do Armador: “ O estilo de jogo da Argentina é mais de 5×5, com jogadas mais trabalhadas, já aqui no Brasil os jogadores são mais atléticos, mais rápidos para jogar, porém, para quem acompanha basquete a mais tempo, sabe que o jogo está sempre mudando”, explica o hermano.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

*Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Flamengo

Não deixe de ler também

Leia também

Notícias do Flamengo

Andrés Sanchez provoca Mauro Cezar após eliminação do Flamengo

Mauro Cezar respondeu a Andrés Sanchez citando suas críticas aos cartolas do Flamengo, e comparando com a situação do clube paulista

Imprensa argentina destaca ‘noite heróica’ e falhas do Flamengo: ‘Libertadores é generosa com os corajosos’

Imprensa argentina afirma que a Academia vinha de uma crise profunda, porém lutou até o fim O sempre irreverente Diário Olé, da Argentina, desta vez...

Eliminado, Rogério Ceni defende jogadores e explica os próximos passos do Flamengo

Técnico Rogério Ceni afirmou que ele e equipe precisam melhorar para a sequência da temporada Após o Flamengo ser eliminado pelo Racing em pleno Maracanã,...

Eliminado, veja quais jogos restam para o Flamengo na temporada

Faltam 15 jogos para a temporada que era considerada dos sonhos do Flamengo, se encerrar. Todos os detalhes na matéria do site Mundo RN

Avaliações e notas de Flamengo 1(3)x1(5) Racing (jogo 2 das oitavas da Libertadores 2020)

Flamengo é desclassificado da Libertadores pelo Racing nos pênaltis e agora tem apenas o Brasileiro na temporada 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs

23 de Novembro de 2019. Lima. Peru. Um ano da Glória Eterna

O Flamengo é o que não se explica. Há um ano, a América voltava a ser pintada de vermelho e preto, em um roteiro digno de cinema

Voamos todos na parábola de Diego

Sempre temi o destino de ser um morto soprado de inveja nas bancadas da eternidade, ressentido por um auge tardio do Flamengo

23 de Novembro ficou marcado na história rubro-negra

Nem a vitória parcial do River tirou a certeza de que aquele dia seria abençoado, afinal foi no mesmo dia 23 de novembro

O Flamengo existe porque a vida não basta

Cada um viu um filme diferente. De alguma forma, porém, todos aqueles filmes eram o mesmo. O mosaico do que é ser Flamengo

Quatro marcados, cinco perdidos: o “Pênalti para o Flamengo!” assusta em 2020

Vitinho perde o 5º pênalti do Flamengo em 2020; na temporada, o aproveitamento do clube carioca em cobranças de pênalti é inferior a 50%