Ex-volante do Flamengo tem dia de artilheiro na Turquia

Paraguaio Piris da Motta, que deixou o Flamengo em 2019, fez dois gols em partida do Campeonato Turco

Em 2020, o Flamengo passou por uma dificuldade que atormentou sua torcida em certas oportunidades: a cobrança de pênaltis. Eliminado da Libertadores pelo Racing na disputa de penalidades máximas, além de erros decisivos contra o São Paulo, tanto na Copa do Brasil, quanto no Brasileiro. Sem contar a batida anulada de Pedro, contra o Fortaleza, apesar de convertida. Mas, nesse aspecto, um ex-jogador do clube foi bem sucedido nessa quarta-feira.

O volante paraguaio Piris da Motta, em jogo válido pela 17ª rodada do Campeonato Turco, marcou duas vezes, da marca da cal, contribuindo para a vitória do seu time, o Gençlerbiligi. O cotejo terminou com resultado de 3 a 1 a favor dos mandantes. Apesar do triunfo, a equipe de Piris é uma das piores do torneio, ocupando a 15ª colocação, entre 21 clubes.

Piris da Motta levantou a taça da Libertadores pelo Flamengo em 2019, inclusive, entrando nos minutos finais da decisão.

Piris eleito melhor em campo

Os dois gols ajudaram o volante a ser eleito o melhor da partida, segundo o aplicativo Sofascore. Suas duas interceptações, três desarmes, um passe decisivo e aproveitamento de 92% no passe, o ajudaram a alcançar a nota 8.2. E, pasmem: sem receber um cartão amarelo sequer. O que, para os flamenguistas de boa memória, é uma tarefa difícil para Piris.

Não à toa, das 17 partidas que disputou na temporada, foi amarelado em cinco delas. A nota média do paraguaio de 26 anos no país do velho continente é 5,5. Pelo Flamengo, Piris entrou em campo por 43 oportunidades. Em poucas delas, iniciou como titular, ou jogou mais que 45 minutos. Recebeu sete cartões amarelos e nenhum vermelho, além de não conceder assistências, nem balançar as redes.

- Advertisement -

Balançar as redes, inclusive, era uma sensação que, há muito, Piris não experimentava. Já que, a última vez que o atleta havia alcançado esse feito foi no dia 1º de abril de 2016, quando ainda atuava pelo Olimpia. Apesar de acontecer no dia da mentira, garantimos que a informação é verdadeira.

O contrato do paraguaio com o Gençlerbiligi vai até o fim de maio desse ano. Como os seus direitos ainda pertencem ao Mais Querido, caso os turcos desejem mantê-lo no elenco, precisarão desembolsar uma quantia de 3,5 milhões de euros, para comprá-lo em definitivo.

Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Divulgação

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here