Ex-Fluminense xinga Gabigol nas redes sociais

MRN Informação | Bruno Guedes – Um dos principais nomes do futebol brasileiro, o atacante Gabigol foi xingado pelo ex-Fluminense Diguinho. A provocação veio através das redes sociais do Tricolor, nesta quarta-feira (9). O caso aconteceu após o clube criar uma publicação relembrando o confronto entre os cariocas e a seleção da Itália, em 2013. Nele, o jogador, atualmente no São José, aparece driblando o Pirlo. Mas um torcedor provoca dizendo que ele já foi driblado pelo Neymar. De acordo com o atleta, “melhor que tomar um drible do perna de pau do Gabigol”.

LEIA MAIS: Rogério Caboclo foi orientado a contratar Jorge Jesus e Marcos Braz, diz jornal

Na postagem, o Fluminense relembrava o drible de Diguinho. Entretanto, um tricolor brincou com o volante:

“Diguinho você é fera, mas Neymar te deu uma das canetas mais humilhantes do futebol!!”, escreveu.

Respondendo ao torcedor, o atleta de 38 anos disparou:

“Menino Neymar pode né? Pior seria desse perna de pau do Gabigol”, disse.

Reprodução das redes sociais

Diguinho atuou nos rivais do Flamengo; Gabigol não comentou o xingamento

Diguinho atualmente joga no São José, do Rio Grande do Sul. Mas o jogador marcou a carreira por sua passagem pelos rivais do Flamengo. Entre 2005 e 2017, o volante atuou com as camisas de Botafogo, Fluminense e Vasco, respectivamente. Foi no Alvinegro de General Severiano que participou do episódio que gerou a provocação “chororô”, em 2008.

CONFIRA: Adeus, Coringa: Gerson não é mais jogador do Flamengo; relembre a trajetória

Após a derrota para o Rubro-Negro por 2 a 1, na final da Taça Guanabara, Cuca e jogadores apareceram na coletiva de imprensa aos prantos. De acordo com eles, o Botafogo havia sido prejudicado pela arbitragem de Marcelo de Lima Henrique. Mas em 2020, o técnico explicou a situação:

“Isso foi culpa minha. Eu já estava cansado de acontecer a mesma coisa sempre, na hora H ir contra o Botafogo. Não era chororô. Expulsaram o Dodô por gol legal que fez, tomou o segundo amarelo. Perdi o batedor de pênaltis, perdemos nos pênaltis. Fiquei tão puto que reuni os jogadores, era hora da minha coletiva, levei os caras. Falei que o Flamengo foi campeão, merecido, mas esses aqui mereciam também, não fosse o árbitro, que não vou falar o nome. Aí ficou chororô”, contou Cuca.

Até o final da matéria, Gabigol não havia respondido à provocação.

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro: Clique aqui e seja nosso apoiador!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs