Ex-jogador minimiza injúria racial sofrida por Gerson

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Em programa de televisão, Vampeta declarou que o episódio de racismo não era para tanta coisa e afirmou que o futebol está com muito mimimi

Durante o programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, Vampeta minimizou a injúria racial sofrida por Gerson. Indo na contramão de toda a solidariedade prestada ao atleta do Flamengo, o ex-jogador afirmou que não viu para tanta coisa o grave episodio de racismo ocorrido no Maracanã.

“Mas eu não vi para tanta coisa (sobre o Gerson). Eu jogo bola ali na Vila Maria, lá tem de tudo… Coreano, boliviano, chinês… “Ô coreano, toca a bola”, “ô boliviano, toca a bola”, “ô chinês, toca a bola”… E aí? Se todo mundo for para a televisão por essas causas”, disse Vampeta.

O comentarista Benjamin Back discordou do ex-jogador declarando que quando você tem liberdade com a pessoa é diferente.

 “É diferente. Quando você tem uma liberdade com a pessoa, é lógico que você não vai ligar. É totalmente diferente. Então você falar “po negão” para um cara que é seu amigo, ele sabe que não tem nada. Mas você virar para um cara que você não conhece no meio do jogo e falar “ô seu macaco”… Tá maluco, cara?”, respondeu Benja.

Após observar a divergência dos colegas, Vampeta continuou, recordou casos na Europa, lembrou Neymar e concluiu dizendo que o futebol está com muito mimimi.

“O mundo parou naquele lance do Neymar e não deu nada. Agora teve um lance de novo com o Paris Saint-Germain contra um time turco, mas os dois já se entenderam. O futebol está muito mimimi”, concluiu o ex-jogador.

Benja respondeu novamente Vampeta dizendo que o futebol não pode ser um mundo paralelo e o que acontece dentro de campo é reflexo da sociedade.

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs