Flamengo aciona o STJD para paralisar o Brasileirão por conta da Copa América

MRN Informação | Bruno Guedes – Através do Twitter, Rodrigo Dunshee de Abranches, vice-presidente jurídico do Flamengo, afirmou que o clube acionou o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) para paralisar o Brasileirão durante a Copa América. De acordo com ele, o Rubro-Negro e outros clubes estão sofrendo por conta dos desfalques de jogadores convocados pelas seleções para o torneio. A mensagem foi publicada na madrugada desta sexta-feira (11).

LEIA MAIS: Maurício Souza elogia partida do Flamengo mas se esquiva de falar de Gabigol

Rodrigo Dunshee justificou o pedido ressaltando a que a CBF precisa promover o equilíbrio da competição. Entretanto, por conta da obrigatoriedade em ceder os atletas para suas seleções, isso acaba sendo comprometido. Citando a Copa América de 2019, quando o Campeonato Brasileiro foi paralisado, o vice do Flamengo explicou a ação no STJD:

“A CBF precisa promover o equilíbrio das competições. A base da competição é a isonomia entre os concorrentes e isso está no artigo primeiro do regulamento. Somos a favor da seleção, mas com paralisação do campeonato. O mundo civilizado funciona assim. Não podemos prosseguir sacrificando as competições nacionais e os clubes para fazer frente às seleções. Não dá para retroceder. Por conta desse desequilíbrio, o Flamengo se socorreu ao STJD, para que, como em 2019, seja paralisado o Campeonato durante a Copa América”, disse Abranches.

CONFIRA: Técnico do Coritiba chama Flamengo de ‘multicampeão’ mas crê em virada

Em entrevista ao UOL, o dirigente disse que acionou o órgão após aguardar por nove dias uma manifestação da CBF. De acordo com ele, as ausências ferem o equilíbrio da competição e se baseou no Regulamento Geral das Competições (RGC). Ao todo, o Flamengo tem quatro jogadores convocados para a Copa América: Gabigol e Everton Ribeiro (Brasil), Arrascaeta (Uruguai) e Isla (Chile). Assim, os atletas ficariam de fora da equipe por até nove rodadas do Campeonato Brasileiro.

Confira trecho da nota do Flamengo enviada à CBF

“A despeito do que acontece hoje no FLAMENGO, que está desfalcado por ter pelo menos 6( seis) atletas convocados, essa situação precisa ser conversada e apreciada, até mesmo para proteger os outros clubes no futuro. Ou seja, não é apenas uma questão envolvendo o FLAMENGO. A discussão suplanta a identificação de uma única agremiação desportiva. É preciso discutir o futebol brasileiro, e a função e a missão da Entidade Nacional de Administração. Esse é o momento oportuno para fazê-lo.

Além da questão das convocações, existe atualmente outro fator extremamente lesivo para o FLAMENGO e também para os clubes cariocas como um todo, isto é, coma  realização da Copa América no Brasil, o estádio do Maracanã foi requisitado para receber as partidas deste torneio, o que prejudica bastante os clubes que exercem o seu mando de campo no Estádio jornalista Mário Filho, uma vez que precisarão se deslocar para outras praças , gerando um maior desgaste de seus atletas e dos demais profissionais envolvidos, sem contar os custos com deslocamento, alimentação e estadia, em tempos tão difíceis para a realidade financeira dos times brasileiros”

Acompanhe o jornalista Bruno Guedes no Twitter

Ajude o MRN a fazer jornalismo rubro-negro: Clique aqui e seja nosso apoiador!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Notícias do Flamengo

Blogs