Em contato com o MRN, presidência e assessoria afirmam que não há negociação com o clube carioca

A novela sobre a definição do novo patrocínio master do Flamengo continua com novos capítulos. O nome do Banco de Brasília (BRB) foi citado como possível parceiro para o espaço nobre do uniforme, mas, em contato com o Mundo Rubro Negro, a instituição financeira negou o acordo.

A negativa foi dada pela consultoria da presidência do BRB: “Não está em discussão nenhum contrato de patrocínio entre o BRB e o Flamengo”, explica. Minutos mais tarde, a assessoria de imprensa do BRB corroborou a posição da presidência e negou qualquer acordo.

A Amazon, gigante empresa do ramo de comércio eletrônico, chegou a trocar documentos com o Flamengo para fechar contrato, mas a negociação esbarrou em valores abaixo do esperado pelo clube durante o período da pandemia do novo coronavírus.

Outras empresas tiveram seus nomes debatidos na Gávea, como Lojas Americanas e Órama, por exemplo. Vale frisar que o BRB já é patrocinador do Flamengo no basquete desde a última temporada do NBB.

Em vias de fechar acordo com a Globo para transmissões das partidas após o retorno do futebol, o clube pretende anunciar patrocinadores até o fim de junho. Além do patrocínio master, o Flamengo corre para encontrar parceiros para as mangas e o short. Vale lembrar que o vínculo com o banco BS2 será encerrado no próximo dia 30 de junho.

Não deixe de ler também