Compartilhar:

O atual campeão Flamengo irá demorar a entrar em campo novamente pela Copa Conmebol Libertadores. A Confederação Sul-Americana de Futebol recuou e desistiu da ideia de voltar as atividades em setembro. Estava planejado o retorno da maior competição entre clubes do continente, além da Copa Sul-Americana e das Eliminatórias para a Copa do Mundo.

A decisão foi tomada após uma reunião realizada por vídeo conferência durante esta quarta-feira (13). Representantes de cada país atualizaram as autoridades da Conmebol sobre o avanço da covid-19 em cada território da América do Sul.

“O Conselho da CONMEBOL reuniu-se hoje por videoconferência e analisou os possíveis cenários do futebol continental nos próximos meses, concordando em retomar as competições quando as condições sanitárias o permitirem“, comunicou a Conmebol.

O presidente da entidade, Alejandro Domínguez, também falou sobre o tema: ”Estas reuniões de seguimento com os membros do Conselho nos permitem ter o pulso real e atualizado da situação em cada uma das federações, bem como alinhar objetivos, protocolos e novas medidas que diminuam o impacto da covid-19 no futebol continental”.

Voltava estava prevista para setembro

De acordo com publicação do Diário Olé, da Argentina no último domingo (10), Alejandro Domínguez trabalhava com a expectativa do retorno certo em setembro. Ainda segundo a matéria, a Conmebol já tinha até um esboço de calendário para a retomada da competição, que parou após a disputa da segunda rodada da fase de grupos.

Única decisão mais clara sobre o futuro, é a não realização do Mundial de Clubes deste ano, previsto para acontecer no Catar.

Créditos de imagem destacada: Divulgação/Flamengo

Compartilhar: