Compartilhar:

Governador do Rio, Wilson Witzel está em contato direto com Rodolfo Landim, presidente do Flamengo

Por intermédio do presidente Rodolfo Landim, o Flamengo já vislumbra a volta do futebol tentando se precaver. Possivelmente o retorno aos gramados será sem público, e o Mais Querido busca liberação junto ao governador do Rio, Wilson Witzel, para que seu estádio na Gávea, possa ser utilizado pelo clube. Além disso, o mandatário rubro-negro ainda tenta convencer Witzel a liberar os clubes a voltarem a treinar no próximo dia 21. A informação é do jornal O Globo.

A resposta do governador é esperada ainda nesta sexta-feira. Rival do Flamengo, o Botafogo não aprova a ideia da volta aos treinamentos no dia 21. Carlos Augusto Montenegro, membro do comitê gestor do alvinegro, declarou.

”O Flamengo, que já passou por uma tragédia com os garotos, a respeito da qual foi colocado que houve uma falta de atenção, está querendo arriscar de novo a vida dos atletas? Que maluquice é essa de querer jogar? Por que o Carioca é a coisa mais importante do mundo? É ridículo o Flamengo acionar o governador, e o governador que está com coronavírus”, disse Montenegro ao O Globo.

Montenegro acrescentou: ”Se fizer isso, ele (Flamengo) está preparando uma outra tragédia. Agora, calculada. A anterior foi o acaso. Ninguém imaginava. O Flamengo deveria ser, até pelo trauma, o primeiro a defender a quarentena, mostrando que aprendeu a lição. Muito triste isso”.

Sobre mim:

Twitter: @Yago_Martins23 | 22 anos, passagens por Rádio RPC, jornal Ilha Notícias e TV Ilha Carioca.

Compartilhar: