Compartilhar:

Notícias divulgadas na manhã desta quarta-feira por setoristas do Flamengo dão conta de um dia quente no mercado para o Flamengo: a negociação para o empréstimo de Pedro teria sido concluída com sucesso e o jogador estaria sendo aguardado no Rio ainda esta semana para assinar o contrato, segundo informações do Globoesporte.com e do UOL. O empréstimo seria de um ano, com passe fixado em cerca de 10 milhões de euros. O Flamengo arcaria com a totalidade do salário do ex-jogador do Fluminense — não está claro se, no acordo final, o clube ainda pagará alguma quantia à Fiorentina pelo empréstimo.

Mas o “AeroFla” não está aberto somente para aterrissagens, e ao menos duas decolagens estariam perto de acontecer. O atacante Berrío teria voltado atrás e decidido aceitar a proposta do Tijuana, do México, que já teria sido aceita pelo Flamengo antes, mas barrada pelo jogador, que não teria concordado com a proposta salarial. Mas, segundo O Dia, esse impasse foi resolvido e o negócio estaria perto de ser fechado por R$ 8 milhões, menos do que o Flamengo pagou ao Atlético Nacional em 2017 (cerca de R$ 11 milhões), mas considerado um valor adequado porque Berrío só tem mais um ano de contrato e poderia sair de graça no fim da temporada.

Outro estrangeiro que pode estar de saída é o paraguaio Piris da Motta. A imprensa paraguaia dá notícia de que o volante estaria a caminho do América do México. Ainda não houve confirmação e nenhum grande veículo brasileiro da transação, mas alguns setoristas do clube já começam a falar do assunto no Twitter.

O substituto de Piris ainda não chegou ao Rio de Janeiro, mas a contratação de Thiago Maia. do Lille, por empréstimo de um ano, já é dada como certa desde o fim de semana e sua chegada no Rio é esperada para os próximos dias.

Enquanto isso, Michael realiza hoje os últimos exames e deve ter sua contratação finalmente oficializada nas últimas horas. Já o zagueiro Gustavo Henrique, que já foi anunciado e começou a treinar, será apresentado esta tarde no Ninho. Restará ainda finalizar aquela que é a principal negociação desta janela, a da permanência de Gabigol.

Compartilhar: