Compartilhar:

Marcos Braz está na Europa para trazer um novo técnico para o Flamengo. Um dos nomes que estão sendo estudados pela diretoria é o de Domènec Torrent, ex-auxiliar de Pep Guardiola e treinador do New York City, da MLS.

Em entrevista ao blog do jornalista italiano Gianluca DiMarzio, o técnico rasgou elogios ao Flamengo. “Minha prioridade é treinar um grande clube, o Flamengo é um dos maiores do mundo”, afirma.

De acordo com o espanhol, não houve proposta oficial, mas afirma que já sabe que um contato oficial pode ocorrer nos próximos dias. “Na América do Sul, há um colaborador de confiança meu, ele me alertou que poderia haver algum interesse da parte deles. Mas até hoje nunca falei com ninguém”, conta.

O treinador demonstra conhecer o Flamengo, caso decida se mudar para o Rio de Janeiro. “Gosto de me manter atualizado em todo o mundo. Conheço perfeitamente o time que o Flamengo tem”, analisa o técnico, que completou dizendo que assistiu a diversas partidas do clube carioca em 2019.

Torrent foi o comandante do NY City na melhor campanha da história do clube na MLS, em 2019. A equipe ficou em primeiro lugar na Conferência Leste, com 64 pontos em 34 jogos. O time acabou sendo eliminado pelo Toronto FC, que sagrou-se campeão do torneio norte-americano.

Torrent tem “bênção” de Guardiola

Recentemente, Guardiola disse, em entrevista após um jogo do Manchester City, que “não tem dúvidas” que o ex-auxiliar tem condições de treinar “qualquer equipe do mundo”. Torrent trabalhou com Pep durante uma década, nas passagens por Barcelona, Bayern e City.

“Eu aprendi muito com ele, aprendemos juntos. Parte do nosso sucesso que tivemos em Munique e aqui em Manchester foi por causa dele. Fico feliz de saber que as pessoas pensam nele neste momento estranho, da pandemia do coronavírus. As decisões que precisam ser tomadas não são fáceis, vamos ver”, finalizou.

Apesar de o nome de Torrent ser bem recebido na diretoria do Flamengo, outros profissionais estão sendo avaliados. Atualmente, o português Carlos Carvalhal, do Rio Ave, é o favorito para assumir o cargo deixado pelo compatriota Jorge Jesus.

Ajude a divulgação rubro-negra de qualidade: Seja apoiador do MRN e participe do nosso grupo de Whatsapp.

Compartilhar: