32.3 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Flamengo é um dos clubes brasileiros com mais finais sul-americanas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Flamengo só está atrás de São Paulo e Cruzeiro na lista

MRN Informação | Yago Martins – Twitter: @YagoM23

A decisão da Libertadores será no dia 30 de janeiro, no Maracanã. O Palmeiras é um dos finalistas, e aguarda o confronto entre Santos e Boca Juniors para definir seu rival, no entanto, mesmo longe dos holofotes nesta temporada, o Flamengo segue como um dos clubes brasileiros com mais finais sul-americanas disputadas em sua história.

Em um levantamento feito pelo jornalista Rodolfo Rodrigues, o Mais Querido é o quarto clube do Brasil que mais chegou em decisões de competições no continente – contando Libertadores, Supercopa Conmebol, Mercosul, Conmebol, Sul-Americana e Recopa Sul-Americana.

LEIA TAMBÉM: Rival carioca busca Pelaipe, nome que torcedores pedem no Flamengo

Ranking completo

14 – São Paulo

12 – Cruzeiro

8 – Flamengo

8 – Palmeiras

7 – Grêmio

7 – Inter

6 – Santos

5 – Atlético-MG

3 – Athletico

2 – Botafogo

2 – Corinthians

2 – Chapecoense

2 – Fluminense

2 – Vasco

Relembre como foi o último título sul-americano do Flamengo

O Flamengo segue enfileirando títulos em 2020. Depois de levantar as taças da Supercopa do Brasil e da Guanabara, foi a vez do Rubro-Negro comemorar a conquista da Recopa Sul-Americana. O placar foi o mesmo 3 a 0 imposto contra o Atlético Paranaense, na final nacional, mas a partida foi completamente diferente. Para quem está acostumado a ver o Mais Querido dominando duelos e imprensado adversários contra o gol, dessa vez a expulsão de William Arão, um pouco depois do 20 minutos de partida, somada ao bom jogo coletivo do adversário obrigou os comandados de Jorge Jesus mostrarem um time reativo, porém extremamente seguro e eficiente.

O Del Valle teve apenas uma chance clara de gol, mas foi parado por um milagre de Diego Alves. No mais foi esperar os erros adversários aparecerem para fazê-los buscar a bola na rede, coisa que o Flamengo de JJ faz maravilhosamente bem. No primeiro tempo, Gabigol abriu o placar após um erro de recuo de bola do zagueiro adversário. E no segundo Gerson balançou o barbante duas vezes em contra-ataques mortais.

O elenco também mostrou sua força. As entradas de Thiago Maia, Vitinho e Michael não deixaram o rendimento técnico e tático da equipe caírem. Isso porque já não se contava com Bruno Henrique e Rodrigo Caio, lesionados na partida de ida.

Mais uma vez a Nação grita É CAMPEÃO Brasil a fora. Mais uma vez as vizinhanças são preenchidas com os gritos de gol do Flamengo, e na manhã do dia seguinte é mais do que certo que a comemoração do Gabigol será repetida em cada cidade desse país. O Flamengo é campeão de tudo.

Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs