Compartilhar:

A estreia do Flamengo no Campeonato Carioca foi sem gols. O time alternativo comandado pelo técnico Mauricio Souza não conseguiu abrir o placar contra o Macaé, segundo colocado na seletiva que reuniu os quatro piores times do último Carioca e os dois times que subiram da Segunda Divisão.

O técnico mandou a campo um time misturando jovens que fizeram parte do elenco campeão brasileiro e da Libertadores com jogadores do sub-20. O mais velho entre os 11 titulares foi o volante Hugo Moura, que completou 22 anos este mês. Quatro jogadores têm menos de 20 anos, entre eles o mais jovem, o lateral Ramon, de 18. A surpresa ficou por conta da escalação do lateral-direito Matheusinho, da base, em vez de João Lucas, que chegou a jogar algumas partidas como titular no Campeonato Brasileiro. A escalação completa foi: Gabriel Batista; Matheusinho, Dantas, Rafael Santos e Ramon; Hugo Moura, VInicius Souza, Luiz Henrique e Yuri César; Lucas Silva e Vitor Gabriel.

O primeiro tempo foi de poucas oportunidades, Matheusinho, um dos melhores jogadores do Flamengo na partida, salvou uma bola perigosa do Macaé. Hugo Moura desperdiçou a melhor chance do Flamengo antes do intervalo.

Na segunda etapa, após Dantas sofrer uma indisposição no vestiário, Mauricio recuou Hugo Moura para a zaga e colocou Pepê no meio-campo. O Flamengo criou diversas oportunidades, mas falhas técnicas dos atacantes Vitor Gabriel e Lucas Silva na conclusão impediram o gol. Os dois acabaram substituídos por Wendel e Rodrigo Muniz — Lucas Silva, que perdeu um gol certo com uma furada espetacular, foi vaiado por parte da torcida.

O Flamengo melhorou após as mexidas, pressionou até o fim e quase marcou com Yuri César já no fim da partida — a bola bateu no travessão, e no rebote, o zagueiro evitou o gol num lance que deixou dúvidas sobre um possível pênalti ou até da bola ter passado a linha. Como o Carioca não tem VAR nos jogos entre grandes e pequenos, porém, nada foi marcado. Apesar do 0x0, o time saiu aplaudido pela torcida — 25,444 pagantes e 27.205 presentes, para uma renda de R$ 617.161,50.

Os jovens rubro-negros terão um desafio maior já na segunda rodada, quando enfrentam o Vasco, que deve jogar com seu time principal, na próxima quarta-feira, às 21h.

Compartilhar: