28.2 C
Rio de Janeiro
sexta-feira, janeiro 15, 2021

Flamengo estuda possibilidade de repatriar Jonas para lugar de Thiago Maia

Com a chance de Thiago Maia só voltar em 2021, diretoria analisa possibilidade de repatriar Jonas

A lesão de Thiago Maia, sofrida contra o Atlético-GO, no último sábado (14), foi mais grave do que se imaginava. Após realização de exames, foi constatado um entorse no joelho do atleta. Com isso, há uma possibilidade dele voltar aos campos somente em 2021. Para não perder tempo com um jogador a menos disponível no elenco, a diretoria rubro-negra já estuda a possibilidade de repatriar um velho conhecido da torcida.

Trata-se do volante Jonas*, que teve passagens pelo clube em 2015 e 2018. O “Schweinsteiger do Agreste”, como é carinhosamente chamado, está sem clube desde o final de seu contrato com o Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Outro time interessado em sua aquisição é o Botafogo, que já abriu negociações. Vale ressaltar que, no final de outubro, Jonas já esteve na cidade maravilhosa para tentar definir seu rumo no futebol.

Jonas em ação pelo Flamengo na sua segunda passagem pelo clube.

Última partida de Jonas foi em janeiro de 2020

Um detalhe que pode preocupar os torcedores sobre o possível retorno de Jonas é a sua falta de ritmo de jogo. Afinal, a última vez que o volante entrou em campo foi no início desse ano, ainda pela última temporada do time árabe. A falta de pagamentos por parte do Al-Ittihad foi o motivo que fez com que o jogador decidisse sair do clube. Apesar desse fator, Jonas, diferentemente de outros atletas com passagem pelo “mundo árabe”, dizia gostar de morar no país situado no Oriente Médio.

Contudo, é importante salientar que, ainda que o departamento de futebol do Mais Querido estude essa alternativa, não há nada definido. Portanto, outras opções de mercado também podem ser analisadas, por mais que se trate de um período na temporada no qual as possibilidades de contratação são mais escassas.

Relembre como foram as passagens de Jonas pelo Flamengo

O volante, contratado junto ao Sampaio Corrêa, do Maranhão, estreou com o Manto Sagrado em fevereiro de 2015. Na ocasião, o clube carioca enfrentou o Brasil de Pelotas, no Rio Grande do Sul, pela Copa do Brasil. A partida terminou com vitória dos visitantes, por 2 a 1. Entretanto, o melhor e mais marcante momento do meia defensivo com a camisa do Flamengo aconteceria dois meses depois.

Em sua quarta partida como titular, contra o Fluminense, no Campeonato Carioca, Jonas acertou um verdadeiro petardo no gol defendido por Diego Cavalieri. Um golaço que é lembrado até hoje por muitos flamenguistas. Assim como uma entrada duríssima que aplicou em Gilberto, diante do Vasco, na semifinal do mesmo estadual. Em virtude do cartão amarelo que recebeu pelo lance, e seu nervosismo em campo, acabou sendo substituído com 18 minutos do primeiro tempo.

Sua primeira passagem pela Gávea foi marcada justamente pela sua agressividade, o que deixava os torcedores apreensivos com a chance de vê-lo sendo expulso. Porém, após ser emprestado para outros clubes, Jonas retornou ao Flamengo em 2018. E foi ali que ele causou uma boa impressão. Sob o comando de Paulo César Carpegiani, o volante recebeu a confiança de seu treinador, ganhando oportunidades como titular e mostrando um futebol mais técnico e menos violento.

O gol marcado por Jonas contra o Fluminense foi seu único com a camisa do Flamengo.

*Informações veiculadas pelo jornalista Mauro Cezar Pereira, em seu canal do YouTube

Gostou desse conteúdo? Nós acreditamos ser possível falar sobre o Flamengo com qualidade. Seja nosso apoiador!

Créditos da imagem destacada no post e nas redes sociais: Gilvan de Souza/Flamengo

Notícias do Flamengo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Blogs