Flamengo estuda terreno na Barra para construção do seu estádio

Mundo Rubro Negrohttps://www.mundorubronegro.com
Desde 2015 somos criadores de conteúdo e publishers com o compromisso de informar ao máximo o torcedor do Clube de Regatas do Flamengo com qualidade e credibilidade.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Por Wanderson Emerick e Diogo Almeida

Na última sexta-feira, o MRN noticiou que o Flamengo está próximo de definir o terreno ideal para construção da sua nova casa. Hoje, trazemos novidades envolvendo o caso. Segundo o que conseguimos apurar, um dos locais está situado na Barra da Tijuca, zona Oeste do Rio, próximo ao Shopping Metropolitano. Ele possui cerca de 160 mil m², tamanho considerado mais que suficiente para a construção do estádio projetado pelo clube, com capacidade para 52 mil pessoas e estacionamento horizontal.

O local é considerado bom não apenas pelas dimensões do terreno, mas também por uma equação utilizada pelo clube para escolher a melhor área (custo de construção x localização). Por causa destes critérios, vários outros terrenos foram recusados, como Niterói e Guaratiba – ao todo, 42 foram analisados pelo grupo de estudos do Flamengo, mas apenas 2 passaram pelo processo de seleção. Na disputa entre o terreno na Barra e a outra opção, guardada a sete chaves, os valores finais definirão a escolha.

Segundo apurado, o local é próximo ao Shopping Metropolitano.

No Flamengo, é consenso que o estádio precisa ter a “cara do clube” e não pode ser deficitário. Nos últimos dias, pessoas ligadas ao clube estiveram na sede da MRV, em Belo Horizonte, para conhecer o projeto do estádio do Atlético Mineiro, para 50 mil pessoas. Além disso, vários profissionais da área foram consultados, incluindo arquitetos e administradores de arenas.

Nos últimos meses, o clube solicitou que um escritório de arquitetura, com experiência na construção de arenas de grande porte, fizesse um projeto para o estádio acústico na Gávea. Mas, devido as conversas adiantadas por uma nova casa, o Flamengo acabou cancelando o pedido – esta decisão também está atrelada à percepção de que o Maracanã não será administrado pelo clube, tendo em vista que a expansão do José Padilha só acontecerá se o Fla administrar o estádio Mario Filho. Agora, o escritório está focado em desenvolver um projeto para o terreno na Barra. Caso opte por uma nova casa, o projeto na Gávea não acontecerá.

A expectativa é que até o início do próximo mês haja uma posição concreta em relação ao terreno. O Flamengo está realizando constantes reuniões para viabilizar o projeto, inclusive com um dos donos do local.


O Mundo Rubro Negro precisa do seu apoio. Contribua mensalmente com nosso trabalho. Clique aqui: bit.ly/ApoiadorMRN


Notícias do Flamengo

- Advertisement -

Blogs